sexta-feira, 7 de agosto de 2009

A FRAQUEZA HUMANA

“Pouco depois os que estavam ali chegaram perto de Pedro, e disseram: o seu modo de falar mostra que você é um deles!” Mt 26.73. (BLH)

"Era a hora mais fria da noite. Cercado por soldados e uma multidão cheia de ódio, estava sendo julgado Jesus.
No pátio, uma fogueira aquecia pessoas que discutiam os últimos acontecimentos. Junto está Pedro, o discípulo que prometeu seguir a Jesus até a morte. Todos falam. Pedro não ficava quieto por muito tempo, também fala. Seu sotaque mostra que era da Galiléia. O diálogo concentra-se nele.

'- Você estava com Jesus na Galiléia.'

- Mas ele negou na frente de todos, dizendo: Não sei do que é que você está falando. E negou novamente: Juro que não conheço aquele homem!' (Mt 26.70-72).

'- O seu modo de falar mostra que você é um deles,' insistiram as pessoas (v.73).

"Era mais uma oportunidade que Pedro recebeu para mostrar que estava identificado com Jesus. Mas, ele desprezou-a. Diante de tantos dedos apontados contra, Pedro repete a negativa, praguejando e jurando.

"Que vergonhosa a sua queda. Um galo quebra o silêncio da noite e canta três vezes. Pedro sai dali e chora amargamente. Lembra-se da promessa de que acompanharia Jesus à prisão ou à morte. O fracasso quase o esmagava. Cristo havia dado a Pedro grandes oportunidades. Mesmo assim, naquela noite negou conhecer Aquele que seguiu e conviveu por três anos. Aquele que curara sua sogra. Aquele que o erguera no Mar da Galiléia. Aquele que o levou ao monte da transfiguração. Como é pequena a natureza humana!

"Diante da pressão familiar ou social podemos negar que conhecemos, seguimos e amamos Jesus o Galileu. Qual será nossa atitude hoje? Negaremos, ou passaremos tempo falando aos outros que seguimos e mantemos um relacionamento real e pessoal com Jesus?"
[Thomas Kloppe]

1 comentários:

Amigo, pastor um abraço......gil

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

COMPARTILHE

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More