quarta-feira, 25 de novembro de 2009

OS 7 HÁBITOS DAS PESSOAS ALTAMENTE EFICAZES

O livro Os 7 Hábitos das Pessoas Altamente Eficazes, publicado pela editora Best Seller, é muito interessate e certamente o ajudará a crescer como líder e como ser humano.

Mais do que um livro de auto ajuda, o livro de Covey apresenta 7 hábitos importantes para aqueles que almejam a eficácia no que fazem.

O primeiro hábito é que o líder deve ser proativo. Deve aprender a tomar a iniciativa e perceber que é responsável pelas suas decisões. Qualquer projeto deve começar na mente do líder e, então, transmitida para outros líderes que por sua vez influenciarão a igreja.

O segundo hábito é ter sempre o seu objetivo em mente. Criar com nitidez um quadro de como quer que seja sua vida e a vida de sua igreja e guiar-se por ele.

O terceiro hábito é lembrar que o primeiro item de sua agenda sempre deve ser o mais importante. Aqui o autor apresenta como estabelecer as prioridades e organizar-se em função delas. Não deixe que o excesso de atividades do ministério o desvie seu foco, de seu trabalho e, consequentemente, do seu sonho.

O quarto hábito é pensar em ganhar/ganhar. Procurar o benefício mútuo em todas as suas relações. Lembre-se que quando a igreja se envolve na Missão ela ganha mais fé, confiança, determinação, perseverança e experiência missionária.

O quinto hábito é procurar compreender, antes de ser compreendido. Ouvir com empatia e a colocar-se no lugar do outro são a chave para as relações interpessoais. A empatia também é esscencial quando se fala de transmissão de valores.

O sexto hábito é criar sinergia. Isto pode ser feito quando se compartilha opiniões, interesses e atividades, e se cria assim, uma rede de comunicação eficaz.

O sétimo hábito é afinar o instrumento. A ferramenta mais importante de todo o processo é o líder, então ele deve manter-se sempre em forma tanto física, mental e espiritualmente. Certamente isto fará a diferença no trabalho para o senhor Jesus.

Algumas citações do livro:

“Culpar a todos pelos nossos problemas e desafios pode ser uma norma e talvez alivie temporariamente a dor, mas também nos acorrenta a esses problemas” pág. 13.

“Sua atitude determina sua altitude” pág. 30.

“Segundo as palavras de Emerson ‘O que você é ecoa em meus ouvidos com tanta força que não consigo ouvir o que diz” pág. 34.

“Admitir que não sabe é com frequência o primeiro passo em nossa educação” pág. 51.

“Podemos mentir. E, por algum tempo ir levando a farsa – pelo menos em público. Podemos até enganar a nós mesmos. Contudo, creio que a maioria de nós sabe a verdade ao que se refere ao que nós somos lá no fundo” pág. 52.

“A força derivada da posição é uma fraqueza” pág. 54

“Aristoteles diz que 'somos o que repetidamente fazemos. A excelência, portanto, não é um feito mas um hábito'” pág. 62.

“Oração dos Alcoólicos Anônimos: ‘Senhor, daí-me a coragem para mudar as coisas que podem ser mudadas, a serenidade para aceitar as coisas que não podem ser mudadas, e a sabedoria para distinguir umas das outras” pág. 107.

“Não é o que os outros fazem, ou mesmo nossos próprios erros que causam a dor maior. É nossa resposta a essas coisas” pág. 113

“Primeiro, seja bem sucedido no lar. Busque e seja digno da ajuda divina. Jamais comprometa sua honestidade. Lembre-se das pessoas envolvidas. Ouça os dois lados antes de julgar. Procure se aconselhar com os outros. Defenda os ausentes. Seja sincero e firme. Desenvolva uma nova habilidade por ano. Planeje hoje o trabalho de amanhã. Ocupe-se enquanto espera. Mantenha uma atitude positiva. Tenha senso de humor. Seja organizado pessoal e profissionalmente. Não tenha medo dos erros – tema a falta de respostas criativas, construtivas e capazes de superar estes erros. Facilite o sucesso dos seus subordinados. Ouça o dobro do que fala. Concentre todas as habilidades e todos os esforços no trabalho que tem à sua frente, sem se preocupar com o próximo emprego ou com a promoção” pág. 130.

Estabeleça metas e organize o seu tempo. “Os dois fatores que definem uma atividade são urgente e importante. Urgente significa que a atividade exige nossa atenção imediata. É ‘Agora’! As coisas urgentes se impõem a nós. Um telefone que toca é urgente. A maioria das pessoas não consegue admitir a hipótese de simplesmente deixar o telefone tocando” pág. 181.

“Se uma das seguintes áreas estivesse deficiente, qual seria: (1) a incapacidade de estabelecer prioridades; (2) a incapacidade ou falta de vontade para organizar a vida a partir destas prioridades; ou (3) a falta de disciplina para executá-las, para manter fidelidade às suas prioridades e à organização” pág. 189.

“Muita gente se recusa a delegar poderes aos outros, porque acredita que leva muito tempo, dá muito trabalho e também que é possível fazer o serviço melhor sozinha. Contudo, delegar poderes é possivelmente a atividade de alto nível mais poderosa que há” pág. 205.

Pr. Evandro Fávero

1 comentários:

Pastor Evandro, que alegria receber suas mensagens, que me ajudam a enfrentar cada dia, com mais fé e confianaça nesse Deus maravilhoso, já cai, me frustei, sofri traição mas o Deus dos impossiveis tem me guardado e suas mensagens alimentam o desejo de ser melhor, e muito breve estarmos na Canãa celestial, volte logo pra Cachoeirinha. abraço

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

COMPARTILHE

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More