segunda-feira, 8 de março de 2010

AS QUATRO DIMENSÕES DO AMOR DE CRISTO

“E peço também que, por meio da fé, Cristo viva em seus corações. E oro para que vocês, com raízes e alicerces profundos no amor, possam compreender bem, junto com todo o povo de Deus, o amor de Cristo em toda a largura, comprimento, altura, e profundidade. Sim, que vocês venham a conhecer o seu amor, ainda que ele não possa ser completamente conhecido,” Ef 3:17-19(BLH).

No sentido humano, amamos os outros enquanto achamos serem dignos do nosso amor. Quando achamos que não são mais dignos, ou quando fazem algo que nos desagrada, tendemos a ignorá-los e esquecê-los. Não é assim que Deus tem agido em relação a nenhum de nós.

Existe uma tremenda diferença entre o amor humano e o divino. Quando Cristo habita em nosso coração, Ele nos chama, coloca-nos e firma-nos em Seu amor, então podemos “compreender, com todos os santos, qual é a largura, e o comprimento, e a altura, e a profundidade” do amor divino.

Às vezes podemos achar que captamos algo do amor de Cristo somente para descobrir, com o passar do tempo, que na verdade não conhecemos um centésimo daquilo que deveríamos e poderíamos ter entendido e recebido.

Colombo descobriu a América, mas o que ele sabia sobre o tamanho da terra, dos lagos, rios, florestas, desertos, montanhas, e da grande dimensão de seus vales? Ele morreu sem saber muita coisa sobre aquilo que descobrira. Assim descobrimos algo do amor divino, mas sua altura, largura, comprimento e profundidade continuam além de nossa compreensão.

Quando realmente quisermos conhecer o amor de Cristo, devemos ir ao Calvário. A cruz fala do amor de Deus de maneira eloqüente, visível e inconfundível. No topo da cruz vemos a “altura”, na parte inferior a “profundidade”, nas extremidades dos braços a “largura”. Então poderemos experimentar o significado do “comprimento” do amor de Jesus.

Ali Cristo morreu a minha e a sua morte, para que possamos viver a Sua vida. O Justo pelo injusto, o Fiel pelo infiel, o Santo pelo pecador, o Amor pelo egoísmo.

Pergunte-se: Tenho conhecido a Jesus e Seu amor? Tenho correspondido em entrega e dedicação a esse amor? Que possamos responder afirmativamente! Feliz semana!

Pr. Thomas Kloppe
Pastor distrital em Laguna – SC.

2 comentários:

As dimensões do amor de Deus são incalculáveis aos olhos humanos. Se tivéssemos noção dessa dimensão, haveria menos sofrimento, menos violencia, menos distruição, e haveria mais amor, mais comunhão, mais temor a Deus, e consequentemente mais amor ao próximo.

Muito obrigado Pastor Thomas KLoppe, pelo estudo sobre o "Amor de Deus". aprendi e sou agradecido.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

COMPARTILHE

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More