domingo, 20 de junho de 2010

HISTÓRICO DA ASSEMBLÉIA DA ASSOCIAÇÃO GERAL DA IGREJA ADVENTISTA


A Assembleia da Associação Geral é o fórum para a eleição dos oficiais da Igreja em todo o mundo e também para a votação das mudanças na Constituição da Igreja. Os delegados também ouvem os relatórios de cada uma das suas 13 regiões administrativas. Os delegados votantes da Assembleia representam as regiões mundiais tanto em relação à população da Igreja como a própria sustentabilidade administrativa das regiões. A Constituição declara que, no mínimo, 50 por cento dos delegados devem ser membros leigos, pastores, professores e empregados que não pertençam à área administrativa, de ambos os gêneros, e que representem as várias faixas etárias e nacionalidades. Por ocasião da assembleia, os membros da Igreja têm também a oportunidade de reencontrar amigos de todo o mundo.

A transformação ao longo do tempo

Enquanto as assembleias hoje são realizadas em grandes estádios, as fotos obtidas das primeiras assembleias retratam os delegados alinhados em frente à entrada de uma pequena igreja. Naqueles tempos, os líderes do movimento chegavam à assembleia no estado norte-americano do Michigan, vindos a maior parte do Meio-Oeste e do Nordeste dos Estados Unidos, viajando por trem, a cavalo, de carroça e de charrete. Hoje, cerca de um terço dos membros mora na África e outro terço na América Central e América do Sul. O Brasil é atualmente o país que tem mais adventistas que qualquer outro país do mundo – mais de 1 milhão de fieis.

A assembleia em seus primórdios

Os líderes adventistas do sétimo dia reuniram-se em Battle Creek, no Michigan, em 1863, “com o objetivo de organizar a Associação Geral”, declara a ata dessa reunião que teve início na tarde de 20 de maio daquele ano, durante a qual os delegados escolheram um presidente e um secretário. Nessa assembleia, os delegados fizeram um esboço da constituição e dos regulamentos. Estabeleceram também a liderança da Associação, compreendida pelo presidente, secretário e tesoureiro. Hoje, a mesma estrutura oficial permanece em todos os níveis da administração da Igreja.

Battle Creek foi o local escolhido para a realização de 26 das primeiras 31 assembleias da Associação Geral. A primeira assembleia realizada no lado oeste do Rio Mississipi ocorreu em novembro de 1887, em Oakland, na Califórnia. A assembleia da Associação Geral foi realizada por três vezes fora dos Estados Unidos: na Áustria, em 1975; na Holanda, em 1995; e no Canadá, em 2000. A de Atlanta será a 59ª Assembleia.

Frequência

O espaço de tempo entre as assembleias tem aumentado com o passar dos anos. Até 1891, era realizada a cada ano. Depois foi realizada a cada dois anos até 1905. Houve então um espaço de quatro anos, seguido de outro hiato durante a Primeira Guerra Mundial, antes de os membros se encontrarem novamente em 1918. Logo depois, a assembleia foi realizada a cada quatro anos, até a época da Grande Depressão – uma assembleia foi realizada em 1930, mas não mais até 1936, e então em 1941. A partir de 1970, tem sido realizada a cada cinco anos, conforme manda a Constituição da Igreja Adventista do Sétimo Dia.

Os locais das reuniões

As assembleias mundiais da Associação Geral mais recentes têm sido realizadas em estádios de beisebol e de futebol, nos Estados Unidos, Europa e Canadá. Outros poucos locais do mundo oferecem o conforto necessário para um evento de tal magnitude: assentos para mais de 70 mil pessoas, pessoal local de apoio que fala o inglês (a língua oficial para os assuntos da Igreja), que tenham transporte confiável e custo acessível, bem como segurança para alimentar um grande grupo.

[Fonte: Blog Atlanta 2010]

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

COMPARTILHE

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More