quarta-feira, 30 de junho de 2010

JOVEM É SALVO PELO TRABALHO DE JOVENS DURANTE A MADRUGADA

“Ele veio viver em nosso favor a vida do mais pobre, e andar e trabalhar entre os necessitados e sofredores. Entrava e saía, não reconhecido nem honrado, diante do povo por quem tanto fizera. Cristo veio nos ensinar que a melhor maneira de viver é servindo ao próximo.” (Ciência do Bom Viver, p.19) E, é por entender este princípio, que os jovens da Igreja Adventista do Sétimo Dia, estão sempre engajados em projetos que levam conforto e esperança aos menos favorecidos.

No dia, 22 de maio, um grupo de jovens destemidos, deixando o preconceito de lado, e o abrigo de suas casas foram às ruas da capital paranaense, Curitiba, em plena madrugada fria, para levar alimento e um pouco de calor aos moradores de rua. O sorriso, o singelo aperto de mão e o louvor a Deus fizeram toda diferença. Mas, muito mais na vida de um. O ato tocou um coração que estava aberto ao amor de Cristo. Ali, estava Rodrigo, um jovem morador de rua, viciado em craque e com muito ódio no coração, que, no entanto, ficou chocado com a ação jovem, tão desprendida. O louvor tocou as cordas de seu coração, e um verdadeiro desejo de abandonar aquela vida miserável brotou. Pediu ajuda, queria outra vida imediatamente.

Os jovens o levaram ao hospital 24h que o internou na madrugada de sábado. Ali, esteve até a segunda-feira seguinte. Ele precisava ir para uma clínica, necessitava de tratamento urgente. Com muita luta o grupo procurou algum lugar, mas em vão. Foi quando Débora, que fazia parte do grupo de jovens, o levou para sua casa, demonstrando tamanha coragem, amor e altruísmo. Na casa da família de Débora, Rodrigo teve oportunidade de participar do Pequeno Grupo, dar seu testemunho, louvar e clamar a Deus por socorro.

Deus não deixa seus filhos desamparados, sendo assim, Ele interveio através de Elvira, membro da IASD Central de Curitiba, que trabalha com dependentes químicos em Almirante Tamandaré. Ela conseguiu que a prefeitura custeasse a internação de Rodrigo na Clínica CRENVI e, no dia 1º de junho ele foi internado. Hoje, passados um mês o jovem continua seu tratamento. Sua aparência mudou, a felicidade em sua face é perceptível. “O nosso sonho agora é conseguir um emprego para ele e arrumar onde possa morar, para começar uma nova vida daqui dois meses quando sairá da clínica”, comenta Débora.

O real desejo desses jovens é que corações sejam movidos de compaixão, para que outros jovens, assim como Rodrigo que vivem sem esperança, possam encontrar Aquele que é o Doador de Esperança.

Se é seu desejo, você também pode colaborar com a instituição onde Rodrigo e muitos outros estão em tratamento. A ADRA Tingui tem auxiliado muito, mas, ainda há oportunidade de ajudá-los. Para ajudar você poderá entrar em contato pelo telefone (41) 9197 5913 e conversar com Ana (diretora da ADRA local). Os itens de maior necessidade são: higiene pessoal, alimentos, roupas, material de limpeza, material escolar, material para artesanato, etc. Lembre-se: “Nisto todos conhecerão que sois meus discípulos, se vos amardes uns aos outros.” (João 13:35)

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

COMPARTILHE

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More