segunda-feira, 19 de julho de 2010

Novo diretor da Escola Sabatina fala com a ASN

A Escola Sabatina é um dos instrumentos mais importantes no estudo sistemático das Sagradas Escrituras, na Igreja Adventista do Sétimo Dia. No mundo todo, milhões de pessoas se reúnem, a cada sábado, para estudarem o guia de estudo que é preparado com anos de antecedência por teólogos da Igreja. Este guia tem por objetivo fortalecer as bases da fé cristã entre os adventistas e amigos. A sede administrativa Sul-Americana chamou o pastor peruano José Carlos Sánchez (foto abaixo), 44 anos, casado com Soledad Alvarez, para ser o diretor da Escola Sabatina, nos próximos cinco anos, em oito países. Ele está substituindo o pastor Ivan Samojluk que serviu no departamento até o presente. Sánchez está na obra missionária desde 1987 e sua atuação imediatamente anterior foi como presidente da Missão Norte do Chile, em Antofagasta. A Agência Adventista Sul-Americana de Notícias (ASN) o entrevistou.

ASN – Quais são suas expectativas ao trabalhar com a Escola Sabatina?

Pr. Sánchez – Uma das maiores preocupações que compartilho com muitas pessoas que amam a nossa Igreja é a diminuição progressiva da presença dos membros na Escola Sabatina. Em alguns lugares, menos da metade dos membros frequenta a Escola Sabatina. Vi também muitas investidas para reverter esse quadro mediante programas inovadores, novos materiais, uso da tecnologia, mudança de horário, etc., mas sem grandes resultados. Nossa meta será novamente atrair os membros da Igreja para esse programa, mesmo que isso implique o estabelecimento de mudanças profundas e contundentes.

Notamos, também, que os batismos anuais não se refletem no número de assinaturas dos guias de estudo, em nossas igrejas. Esse fato é preocupante, visto que o estudo diário é um dos indicadores do nível espiritual dos novos membros. Nosso desejo, em coordenação com o ministério das publicações – Associación Casa Editora Sudamericana (ACES) e Casa Publicadora Brasileira (CPB) – é elevar o número de assinaturas destinadas aos adultos e também às crianças, mediante uma campanha massificada prévia.

Por outro lado, a falta de compromisso dos membros para com a missão da Igreja e o desinteresse pelas almas, em muitas congregações, também será tema de preocupação e abordado durante nossa gestão. Promoveremos, ainda mais, os estudos bíblicos, as classes de confirmação dos novos membros e estabeleceremos novas congregações por meio de cursos de extensão, etc.

ASN - Como tornar a Escola Sabatina mais interessante aos membros?

Pr. Sánchez – Temos várias ideias, mas antes de publicá-las, primeiro queremos discuti-las com a administração da Divisão Sul-Americana e com os diretores de departamentos das uniões e campos. Porém, posso adiantar algumas propostas.

Temos a intenção de simplificar muitos elementos da programação de cada sábado e dedicar mais espaço para o que realmente satisfaz. Converter cada classe da Escola Sabatina em uma pequena e verdadeira comunidade cristã onde realmente seja promovido o companheirismo e a responsabilidade mútua. Esse será outro desafio nos próximos anos. Promoveremos reuniões sociais mensais, extracurriculares, em cada classe. Enfim, queremos que a Escola Sabatina se converta em um “centro de operações” missionário e de crescimento cristão da igreja local.

ASN – O diretor Mundial do guia de estudo da Escola Sabatina me disse que o segredo para que a lição seja importante é levar cada pessoa a desejar viver o que aprende a cada dia. O que fazer para tornar a lição o mais importante para os estudantes?

Pr. Sánchez - Estamos totalmente de acordo. Se apenas aprendemos, mas não praticarmos, o estudo diário não terá qualquer proveito. É muito bom ter a informação correta, mas a aplicação à vida quotidiana é melhor. Assim sendo, apelamos para que o conteúdo das lições seja de fácil compreensão a fim de que o aluno entenda bem o que tem de fazer. Daremos forte ênfase motivacional ao estudo diário e também ao treinamento permanente dos professores. Pretendemos preparar as lições em áudio, especialmente, para os cegos, etc.

[Equipe ASN, Felipe Lemos]

1 comentários:

Grandes desafios aguardam o Pr. Sánchez na condução Escola Sabatina. Que Deus o abençoe ricamente. O estudo das lições deve visar tão somente o aprofundamento do conhecimento de Deus através do estudo de Sua palavra. Tudo mais será consequência.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

COMPARTILHE

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More