quinta-feira, 15 de julho de 2010

Resumo da Lição 3 (10 a 17 de Julho)

CLIQUE NA IMAGEM AO LADO PARA O DOWNLOAD DA LIÇÃO EM POWER POINT

Título:
Todos pecaram

Texto-chave
Todos pecaram e carecem da glória de Deus (Romanos 3:23).

Objetivos
1. Compreender a situação pecaminosa dos ímpios que vivem sem Cristo. Considerar também a necessidade de alguns professos cristãos que, de igual forma, mesmo dentro da igreja, deixam Jesus do lado de fora de suas vidas.
2. Entender a necessidade urgente de um relacionamento com Cristo para a salvação.
3. Perceber nosso completo fracasso sem Cristo e colocarmo-nos à disposição para que sejamos alcançados pelo Seu desejo imenso de salvar o pecador.

Verdade Central
Ao reconhecer nossa profunda necessidade de salvação podemos alcançar a completa confiança no poder de Cristo para vencermos nossa natureza pecaminosa.

Lição de Domingo: Não nos envergonhamos do evangelho

Porque muitas pessoas pensam em Deus como um juiz severo e impiedoso? Quais são as boas-novas, transmitida pelo evangelho de Cristo?

1. Quando cremos em Cristo e nos arrependemos de nosso pecados somos imediatamente justificados diante do tribunal divino.

2. Nossa dívida é paga. Nossa culpa é cancelada. Nossos pecados são cobertos. Somos declarados justos.

3. A justiça nós é imputada com base na obediência perfeita de Cristo e por meio de Sua morte substitutiva.

Lição de Segunda-feira: A condição humana

Existe alguém no mundo que não tenha nenhum pecado? É possível que em algum lugar exista uma pessoa que sempre pense o bem e faça as coisas certas o tempo todo?

1. O pecado separa o homem de Deus. Ele se torna um muro entre o Céu e a Terra. Ele corta a comunicação e a comunhão com Deus.

2. O pecado finalmente pode levar o homem à destruição. O pecado torna o homem destituído da glória de Deus (Rom.3:23) levando-o à morte. (Rom. 6:23).

3. O pecado arruinou a imagem de Deus no homem. O homem pecaminoso está muito longe de refletir a imagem ou a glória de Deus.

Lição de Terça-feira: Do século primeiro até o 21

Paulo com palavras terríveis (Rom. 1: 24-32), enumera os vários aspectos da maldade humana, resultado da rejeição de Deus. Como vemos esses pecados na sociedade hoje?

1. Quando nosso coração se afasta de Deus, torna-se refúgio de todo o tipo de atos imorais e amorais.

2. A verdade deveria chegar ao coração humano através da revelação divina; todavia, os homens baixam as persianas e fecham a cortina, negando colocar Deus em seu conhecimento.

3. Não é porque você peca que se torna pecador, mas você se torna pecador quando se afasta de Deus. O maior pecado é não se submeter a Deus.

Lição de Quarta-feira: Judeus e gentios juntos

O apóstolo afirma que todos os homens, judeus ou gentios, serão julgados pelo mesmo critério. Quais são os perigos de percebermos somente os pecados dos outros? Rom. 2:12-20

1. Deus não é parcial, não têm favoritos, não faz acepção de pessoas. O orgulho único que podemos ter é a cruz de Cristo.

2. Até o fim de seus dias Paulo creu que os judeus estavam em uma posição especial com relação a Deus. Isso era, de fato, o que criam os judeus. Mas a diferença consistia em que Paulo cria que essa posição especial era uma posição de responsabilidade especial, enquanto que os judeus a entendiam como uma posição de privilégio.

3. Aqueles que estão em Cristo não estarão sob condenação! Ele suportou, em nosso lugar, a maldição da transgressão da Lei, e não se envergonha de nos chamar de irmãos.

Lição de Quinta-feira: Arrependimento

Muitas vezes você já prometeu a Deus mudar de vida, deixar hábitos arraigados, abandonar pecados e não conseguiu. Qual o problema? Então qual é o segredo para ser um vitorioso sobre o pecado?

1. O esforço humano, embora não possa trazer salvação, é parte integrante da experiência da salvação.

2. Assim como todos são pecadores por seus próprios méritos, todos são igualmente justos se aceitarem o sacrifício de Cristo em seu favor.

3. A bondade de Deus guia – não força – os pecadores ao arrependimento. Ele é infinitamente paciente e busca atrair a todos por amor.

Conclusão:

a. Deus é justo e aceita o pecador como um homem justo.
b. Diante da pecaminosidade humana a justificação é gratuita. Cristo é uma propriciação proposta por Deus. A fé é o meio. O sangue de Cristo é o preço aceito, pelo qual os pecados do homem são esquecidos.
c. Com essa graça incrível e milagrosa, Jesus Cristo aceita o pecador, não como um criminoso, mas sim como um filho a quem ainda ama.

Pr. Dirceu Lima
Líder da Escola Sabatina na região central do RS

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

COMPARTILHE

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More