quinta-feira, 22 de julho de 2010

Resumo da Lição 4 (17 a 24 de Julho)

CLIQUE NA IMAGEM AO LADO PARA BAIXAR A LIÇÃO EM POWER POINT

Título: “Justificados pela Fé”


Texto-chave:
“Concluímos, pois, que o homem é justificado pela fé, independente das obras da lei” (Romanos 3:28).

Objetivos

1. Conhecer a função da lei e a função da fé na justificação.
2. Sentir e reconhecer as profundezas a que Deus desceu a fim de tomar sobre Si as consequências do nosso pecado.
3. Aceitar a morte de Cristo em nosso favor como justificação de nossos pecados.

Verdade Central

“Perdão e justificação são uma e a mesma coisa. Através da fé, o crente passa da posição de rebelde, filho do pecado, para a posição de súdito leal de Cristo Jesus, não por causa de bondade inerente, mas porque Cristo o recebe como Seu filho por adoção. O pecador recebe o perdão de seus pecados, porque esses pecados são suportados por seu Substituto e Fiador.” SDA Bible Commentary, v. 6, p. 1070

Lição de Domingo: “As obras da Lei”

Pergunta: Qual é o verdadeiro objetivo da lei? Romanos 3:19 e 20

1. A lei de Deus representa o padrão divino de conduta para a humanidade.

2. Sem a lei as pessoas não podem ver claramente a santidade de Deus, nem sua própria culpa ou a necessidade de experimentar o arrependimento.

3. A lei de Deus é o instrumento que o Espírito Santo utiliza para trazer-nos à conversão. Salmos 19:7

4. A lei não remove o nosso pecado, mas nos leva à Cristo, que nos limpa do mal.

Para meditar: “A lei de Deus é o espelho para o qual o pecador deve olhar, se quiser ter conhecimento correto de seu caráter moral. E quando se vê condenado por essa grande norma de justiça, seu próximo passo deve ser: arrepender-se de seus pecados e buscar o perdão mediante Cristo.” Mensagens Escolhidas, v. 1, p. 219

Lição de Segunda-feira: “Fé e Justiça”

Pergunta: Quão importante é para nós termos fé em Cristo? Como a fé muda de modo concreto e observável a forma de vivermos? Romanos 3:21 e 28

1. Todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus.

2. Mediante a justiça de Cristo temos acesso ao Pai.

3. A imputação da justiça de Cristo vem mediante a fé justificadora.

4. “Justiça não é aquilo que Deus exige de nós e sim, o que nos oferece.” Salmos 31:1

Reflita: “As pessoas podem ter conhecimento da verdade, e ainda deixar de serem santificadas pela verdade.” Romanos 1:18

Lição de Terça-feira: “Graça e Justificação”

Quando os seres humanos caíram sob o domínio do pecado, tornaram-se sujeitos à condenação e a maldição da lei. Escravos do pecado, sujeitos à morte era-lhes impossível escapar. Romanos 6:17

Pergunta: Qual é fonte de nossa redenção? Romanos 3:24

1. O pecado exige expiação.

2. “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu Seu Filho unigênito, para que todo aquele que nEle crê não pereça, mas tenha vida eterna.” João 3:16

3. É unicamente por Cristo que pode haver virtude na humanidade.

4. Por intermédio de sua morte, Cristo rompeu o domínio do pecado, extinguiu a escravidão espiritual, removeu a condenação e a maldição da lei e tornou disponível aos pecadores arrependidos a vida eterna. Somos assim, perdoados unicamente mediante a graça de Cristo.

5. Justificação é quando somos declarados justos por Deus. Isto, somente é possível por Cristo.

6. A graça concedida por Cristo nos redime de nossos pecados e nos declara justos perante Deus.

Medite: “Todo combate é inútil a menos que o poder de Cristo seja combinado com o esforço humano.” Review and Herald, 11 de novembro de 1890

Para Discussão: Qual deve ser nossa resposta diária quando compreendemos os justos requisitos da lei de Deus e nossa dependência de Cristo para ser nossa justiça?

Lição de Quarta-feira: “Sua Justiça”

“Ao qual Deus propôs para propiciação pela fé no seu sangue, para demonstrar a sua justiça pela remissão dos pecados dantes cometidos, sob a paciência de Deus.” Romanos 3:25

1. A justiça de Deus requer que o pecado seja levado a julgamento.

2. Deus necessita executar o juízo do pecado, e logo, do pecador.

3. A expiação era necessária porque o homem se encontrava sob a justa ira de Deus.

4. A perfeita justiça de Cristo satisfaz adequadamente a justiça divina.

Pergunta: O que o ato de Cristo nos ensina sobre o caráter de Deus? Por que dizemos que a cruz “é o centro do Evangelho”? De que forma, isso tem mudado sua vida?

1. A cruz é uma demonstração tanto de misericórdia, quanto da justiça de Deus.

2. “Através de Cristo, a ira de Deus não é convertida em amor, mas desviada do homem e dirigida contra Si próprio.” La Rondelle, p. 27

Reflita: “Por causa da cruz do Calvário, Deus pode declarar justos os pecadores e ainda ser considerado justo aos olhos do Universo. Satanás não pode apontar o seu dedo acusador sobre Deus, pois, o céu fez o sacrifício supremo. Satanás acusou Deus de pedir a raça humana mais do que Ele estava disposto a dar. A cruz refuta essa acusação.” Lição da Escola Sabatina, 3° Trimestre de 2010, p. 47

Lição de Quinta-feira: “Fé e obras”

Pergunta: Se somos justificados pela fé, independente das obras da lei, isso, significa que não precisamos mais guardar a lei de Deus? Por quê? Romanos 3:28

1. A fé não está em oposição as obras.

2. A fé é manisfestada pelas obras.

3. As obras rejeitadas no Novo Testamento, são as praticadas como métodos de salvação.

4. As pessoas não conseguem obter salvação como resultado de seus méritos, manifestados em obras.

5. A morte de Cristo exaltou a lei, evidenciando sua autoridade universal.

6. A verdadeira fé confia inteiramente em Cristo e conduz a perfeita conformidade com a Lei de Deus.

Medite: “A obra de transformação da impiedade para a santidade é contínua. Dia a dia Deus opera para a santificação do homem, e o homem deve cooperar com Ele, desenvolvendo perseverantes esforços para o cultivo de hábitos corretos. Deve acrescentar graça à graça; e assim procedendo num plano de adição, Deus opera por ele num plano de multiplicação.” (Atos dos Apóstolos, p. 532).

Conclusão:

1. A Lei de Deus é tão necessária à existência de Seu Universo quanto são as leis físicas que o mantêm unido e em funcionamento.

2. Deus concedeu Sua lei a fim de prover abundantes bençãos a Seu povo e, para conduzi-los a um relacionamento salvador com Ele. A lei é a base do concerto divino conosco.

3. Deus encontrou um meio de garantir perdão ao pecador arrependido, mantendo ainda perante o Universo o elevado padrão de justiça de Sua eterna lei.

4. Em Cristo temos redenção, pelo seu sangue, a remissão dos nossos pecados, segundo a riqueza de sua graça. Efésios 1:7

5. Justificados, pois pela fé, temos paz com Deus, por meio de nosso Senhor Jesus Cristo. Romanos 5:1

6. A cruz de Cristo nos lembra que Deus pagou um alto preço para que nossa comunhão com Ele fosse resgatada.

Jorgeana Longo
Prof. de Línguas e esposa de Pastor na Associação Central Paranaense

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

COMPARTILHE

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More