domingo, 29 de agosto de 2010

O amor verdadeiro e a família

“Filhinhos, não amemos de palavra, nem de língua, mas de fato e de verdade.” 1 João 3:18.

O casamento foi divinamente estabelecido por Deus à raça humana no Éden, e confirmado por Jesus como uma união vitalícia entre um homem e uma mulher, para viverem em amoroso companheirismo. Para o cristão, o compromisso matrimonial é primeiramente com Deus como também com o cônjuge.

Amor mútuo, honra, respeito e responsabilidade constituem a estrutura desta relação, que deve refletir o amor, a santidade, a intimidade e a constância da relação entre Cristo e Sua igreja.

Embora, algumas relações de família fiquem aquém do ideal, os cônjuges que se dedicam inteiramente um ao outro, em Cristo, podem alcançar amorosa unidade por meio da orientação do Espírito Santo e da instrução da Palavra de Deus (a Bíblia).

Deus sempre abençoa a família e tenciona que seus membros ajudem um ao outro a alcançar completa maturidade familiar, social e como conseqüência a bênção espiritual. Mas, como podemos saber se o amor que sentimos dentro de nós pelo sexo oposto é o amor que Deus criou em nosso coração?

O amor deve brotar do coração assim como brota de Deus. Não de um dos nossos membros carnais, mas daquele sentimento divino, puro e sublime. Então como resultado, haverá romance, sexo, amor enfim.

É pena que Lúcifer, o inimigo de Deus e nosso inimigo também, tenha confundido os sentimentos, as emoções e as inclinações do coração. É a fraude do amor. O homem desce ao nível animal e a natureza carnal predomina. Então aquilo que era santo fica pervertido e a fraude predomina, porque o sexo se antepõe ao amor sublime.

Mas, devidamente colocados, nem o romance nem o sexo são coisas más, pois foi Deus que os colocou em nós. Quando porém confundimos romance e sexo com paixão carnal estamos em problemas, mesmo depois de casados.

Quando o namoro, o noivado ou o casamento têm como objetivo apenas as paixões carnais, estão fadados ao fracasso. A única solução é o amor sublime, que Jesus oferece, tanto para o namoro como para um casamento feliz e duradouro. Feliz casamento! Feliz semana!

Pr. Thomas Kloppe
Distrital em Laguna, SC.

Leia também:
O segredo do casamento
Sexo, por que não?
Pessoas casadas resistem melhor ao câncer
Divórcio causa impacto permante a saúde

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

COMPARTILHE

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More