quinta-feira, 2 de setembro de 2010

Resumo da lição 9 da Escola Sabatina

CLIQUE NA IMAGEM AO LADO PARA BAIXAR A LIÇÃO EM POWER POINT

Título: “Redenção para judeus e gentios”

Texto-chave
“Logo, tem Ele misericórdia de quem quer e também endurece a quem Lhe apraz”(Romanos 9:18).

Objetivos

1. Contextualizar o capítulo 9 de romanos, indicando para quem o autor fala, por que e qual a ideia central de sua mensagem.
2. Entender que Paulo não defende a ideia da predestinação
3. Compreender que em Romanos 9 Paulo não está tratando da salvação individual, mas do fato de que Deus chama pessoas para uma obra específica

Verdade Central
Deus escolhe a quem ele usará como Seus “eleitos”. A despeito disso, Ele não tira de ninguém a oportunidade de Salvação.

Lição de domingo: A preocupação de Paulo

Como entender a promessa de Deus, de um povo missionário que evangelizaria o mundo, diante do fracasso de Israel? A promessa falhou completamente?

Afirmações:

- Paulo trabalha com a perspectiva de que Deus continua tendo um remanescente por meio do qual ainda procura trabalhar
- Fazer parte deste grupo, ou dessa “linhagem”, entretanto, não é garantia de salvação. Você pode provir da família certa, estar na igreja certa e, ainda assim, estar perdido. É a fé somente que revela os que são “filhos da promessa”

Lição de segunda-feira: Eleitos

Como interpretar Romanos 9: 14 e 15 onde encontramos a afirmação de que “Deus tem misericórdia e Se compadece de quem Ele quer”? Seria essa uma referência à “doutrina” da predestinação?

- No texto bíblico, Paulo não se refere à salvação individual. Ele fala a respeito do chamado de Deus para a realização de papéis específicos.
- A misericórdia de Deus se estende a todos. Sua graça salvadora abarca todas as pessoas. Ele “deseja que todos os homens sejam salvos (1 Timóteo 2:4); “A graça de Deus se manifestou salvadora a todos os homens” (Tito 2:11).
- Principalmente Romanos 9: 13-18 é utilizado pelos calvinistas para embasar a doutrina da predestinação, ou seja, a ideia de que algumas pessoas foram predestinadas para a perdição eterna e outras para a salvação eterna. Biblicamente – contrariando essa linha de pensamento – Deus predestinou todas as pessoas para a salvação (efésios 1:5). Só se perderão aqueles que assim escolherem.

Lição de terça-feira: Mistérios

Pense no contexto da saída do povo de Israel do Egito. Em Êxodo 7:3 encontramos Deus afirmando: “Eu, porém, endurecerei o coração de Faraó [...]”. A luz dos escritos de Paulo em Romanos 9, como entender a argumentação de Paulo quanto ao trato de Deus para com o Faraó?

Reflita também sobre os planos misteriosos de Deus. Como você lida com o fato de que nem todos os desígnios dEle podem ser compreendidos?

- Deus não sonegou ao Faraó a oportunidade de salvação. Faraó já havia feito a sua escolha.
- Deus não faz ninguém ser um “vaso para ira”, a não ser que a pessoa deseje se perder (1 Timóteo 2:4(Apocalipse 22:17).
- O “fazer vasos para a ira” da parte Divina depende da resposta negativa do pecador ao plano de Salvação. A pessoa se torna “vaso de ira” quando se rebela e se desvia dos caminhos do Criador (Romanos 9:22 e 23).
- Há mistérios nos caminhos de Deus que só serão plenamente conhecidos no céu. “Nenhum espírito finito pode compreender completamente o caráter ou as obras do Ser infinito. Pelas nossas pesquisas, não podemos encontrar Deus. Para os espíritos mais fortes e mais altamente educados, assim como para os mais fracos e ignorantes, aquele Ente santo deverá permanecer revestido de mistério. Mas conquanto ‘nuvens e obscuridade [estejam] ao redor dEle, justiça e juízo são a base do Seu trono’ (Sl 97:2). Podemos compreender Seu trato para conosco a ponto de discernir a misericórdia ilimitada unida ao infinito poder. É-nos dado compreender tanto de seu propósitos quanto somos capazes de abranger; para além disto podemos ainda confiar naquela mão que é onipotente, naquele coração repleto de amor” (Ellen G. White, Educação, p. 169).

Lição de quarta-feira: Ammi: “Meu Povo”

Por que Paulo afirma que só o remanescente seria salvo? (Romanos 9:25-29).

- Paulo sentia pesar pelo fato de muitas pessoas pelas quais Jesus morreu rejeitarem o apelo do evangelho.
- Mas, embora a humanidade falhe, ele realça a infalibilidade das promessas de Deus. Ele ainda tem um povo remanescente.

Lição de quinta-feira: Tropeçando

Depois de ler Romanos 9: 30-32, tente entender por que nem todo aquele que diz “senhor, senhor, entrará no Reino dos Céus” (Mateus 7:21)? Além disso, é possível que até mesmo os “escolhidos” não entrem no céu? Como evitar cair nos mesmos equívocos em que caíram alguns israelitas?

- Em Romanos 9: 30-32 Paulo retoma o exemplo dos israelitas pelo fato de muitos deles terem rejeitado Jesus de Nazaré como o Messias.
- Mas é preciso entender que Deus não rejeitou Israel. Eles eram rebeldes e desobedientes, incrédulos
- Em contrapartida, muitos gentios, que não haviam se esforçado para obter a aceitação de Cristo – estavam absortos em seus próprios interesses –, quando se depararam com o evangelho o receberam e mudaram de comportamento.
- A salvação é fruto da fé e não das obras humanas.

Conclusão

1. Diferentemente do que alguns cristãos ensinam Deus não predestina algumas pessoas para a perdição e outras para a salvação. Essa doutrina não encontra respaldo bíblico.
2. Em Romanos 9, Paulo não está falando sobre a salvação individual. Ele está argumentando em torno do chamado de Deus para certos indivíduos desenvolverem um trabalho específico para Ele. O texto é mal empregado pelos defensores da ideia da predestinação, a exemplo dos calvinistas.
3. Mesmo sendo toda a humanidade predestinada para a Salvação, mediante a graça de Cristo, nossas escolhas podem determinar de que lado estaremos
4. Deus tem um povo remanescente, pessoas escolhidas para cumprir a missão de pregar o evangelho a toda nação, língua e povo.

“Há uma eleição de indivíduos e de um povo. A única eleição encontrada na Palavra de Deus, em que alguém é escolhido para a salvação. Muitos têm olhado para o fim, pensando terem sido certamente eleitos para a glória celestial; mas não é esta a eleição que a Bíblia revela. As pessoas são escolhidas para efetuar sua salvação com temor e tremor. São escolhidas para envergar a armadura, para pelejar a boa peleja da fé. São escolhidos parra usar os meios que Deus colocou ao seu alcance para lutar contra todo desejo profano, enquanto Satanás executa o jogo da vida pela sua destruição. São escolhidos para vigiar em oração, para examinar as escrituras, e evitar entrar em tentação. São eleitos para ter fé continuamente, eleitos para ser obedientes a cada palavra que procede da boca de Deus, para que não sejam apenas ouvintes, mas praticantes da Palavra. Essa é a eleição bíblica” (Ellen G. White, Testemunhos para Ministros e Obreiros Evangélicos, p. 453, 454)

Márcio Tonetti
Assessor de imprensa da Associação Central Sul-Riograndense (ACSR)

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

COMPARTILHE

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More