domingo, 12 de setembro de 2010

A saúde completa nos planos de Deus

“Meu querido amigo, tenho pedido a Deus para que você vá bem em tudo, e para que esteja bem de saúde, assim como está bem espiritualmente.” 3 Jo 2 (BLH).

Ao contrário do que muitos pensam, a Bíblia não trata apenas da saúde espiritual, mas trata de forma abundante da saúde física também. Deus através de Sua Palavra estabelece leis físicas de forma que a humanidade conhecendo e obedecendo-as, possa viver em alto grau de saúde.

João o apóstolo, mantinha, indiscutivelmente uma visão sadia em relação à humanidade. Escrevendo a Gaio, expressou forte desejo de que esse discípulo tivesse saúde do corpo como da alma. João mostra que conhecia a íntima relação entre alma e corpo, e como um afeta o outro.

A ciência moderna apresenta muitas provas que confirmam essa afirmação. Dizem que um estado de espírito triste, infeliz, acaba tornado o corpo vulnerável a doenças. Tristezas, culpa, remorso, ansiedade, desgostos, ciúmes, acabam minando todas as reservas do organismo e derrubam as reservas do corpo que acabam por convidar as enfermidades.

“O espírito abatido virá a secar os ossos” Salomão afirma em Provérbios 17:22. Ao contrário, “o coração alegre serve de bom remédio” ele completa. Portanto, estando alegre, contente, tendo esperança, coragem, exercitando e exercendo fé, tornando-se um veículo, um instrumento do amor de Deus, a pessoa fortalecerá o corpo contra as ameaças de doenças e enfermidades. Será um promotor de saúde e longevidade.

Ao reconhecer a relação entre o corpo e a alma, o cristão que está buscando íntima aproximação de Deus vai obedecer conscientemente os princípios do viver saudável. Escolherá o melhor alimento disponível, vai fazer exercício compatível com seu organismo, terá um repouso correto, respirará de forma correta, estará exposto ao Sol nas horas e de forma edequada, tomará diariamente uma quantidade de água, não aceitará para seu corpo nada que possa sobrecarregar o aparelho digestório, prejudicar os tecidos ou desequilibrar o seu discernimento. Mas, e acima de tudo, confiará no poder divino.

O cristão, portanto, manterá o apetite e as paixões sob controle do entendimento e da razão, lembrando-se de que tudo o que “corrompe o corpo tende a contaminar a alma”. Ciência do Bom Viver, 240.

O apóstolo Paulo recomenda: “De qualquer maneira, se vocês comem, ou bebem, ou fazem qualquer outra coisa, façam tudo para a glória de Deus.” 1Co 10:31. Essa regra, seguida de forma coerente vai ajudar a promover a prosperidade do corpo, da mente e da alma – o que em última análise é o resumo da verdadeira religião, do verdadeiro louvor a Jesus.

Boa saúde. Feliz semana!

Pr. Thomas Kloppe
Distrital em Laguna, SC.

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

COMPARTILHE

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More