domingo, 7 de novembro de 2010

Casa na Rocha ou na Areia?

“Mas eu sei em quem tenho crido, e estou certo de que ele é poderoso para guardar, até aquele Dia, aquilo que me confiou.” 2 Timóteo 1:12 (BLH).

A fé que Paulo tinha, foi construída na Rocha, não na areia. Ele não tinha vergonha de afirmar que Jesus era a sua base, e a razão de sua esperança. Consciente de seu chamado ao apostolado, Paulo queria que Timóteo, seu filho espiritual, desenvolvesse a mesma fé, a mesma certeza no texto acima.

A fé e a coragem são irmãs gêmeas. Paulo fala a Timóteo: “Porque o Espírito que Deus nos deu não nos faz tímidos. Ao contrário, seu Espírito nos enche de poder, de amor, e de domínio próprio.” 2Tm 1:7. O apóstolo não se refere a uma ousadia descontrolada e inconsequente, mas à coragem que suporta o preconceito e sofrimento pela causa de Cristo Jesus.

Sempre houve cristão de coragem incomum. Chevis Horne, em Pregando os Grandes Temas da Bíblia, conta de uma jovem judia que fugiu do gueto de Varsóvia (local em que as tropas nazistas confinaram judeus na segunda guerra mundial), pulando o muro. Ela se escondeu numa caverna, mas não sobreviveu, e seu corpo foi encontrado quando os aliados chegaram à Polônia.

Antes de morrer, ela escreveu três frases na parede: A primeira dizia: “Creio no sol, mesmo que ele não esteja brilhando”. A segunda: “Creio no amor, mesmo quando eu não o sinta”. A terceira: “Creio em Deus, mesmo quando Ele fica em silêncio”.

Paulo viveu parte do seu ministério sob nuvens negras. Foi constantemente perseguição, desprezo, escárnio, indiferença, tortura, além de fome e isolamento que lhe traziam sombras na vida e na esperança. Porém, nunca deixou de dizer: “Eu sei em quem tenho crido.”

Ele foi alvo de intrigas, inveja e ataques de toda espécie, mas nunca descreu do amor. Prova disto é o capítulo 13 de primeira aos Coríntios, conhecido como o Salmo do amor, é um modelo de amor e cristianismo.

Paulo, também passou pelo silêncio de Deus, em meio a sofrimentos e angústias quando orava por livramento e socorro. Mesmo não sendo atendido por Deus como gostaria, nunca perdeu a coragem, porque sabia em quem tinha sua confiança.

Você constrói sua fé sobre a Rocha ou a areia? Que Deus nos abençoe nessa escolha, porque o tempo vai dizer qual foi sua escolha hoje!

Feliz semana!

Pr. Thomas Kloppe,
Distrital em Laguna – SC.

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

COMPARTILHE

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More