sábado, 29 de janeiro de 2011

Deus consertou o carro

Os pais de Antonio Moschen (foto ao lado) já tinham estudado a Bíblia e frequentavam a Igreja Adventista do Sétimo Dia. Porém, Antonio não se interessa pela Palavra de Deus. Trabalhava com um adventista em uma oficina autoelétrica, mas não se deixava influenciar. Neste lugar ele trabalhava de segunda à sexta-feira.

Um dos motivos que faziam com que tivesse dificuldades para aceitar o sábado é porque neste dia ele fazia trabalhos extras e, às vezes, ganhava muito dinheiro.
Certo dia, durante a semana, chegou um cliente na oficina que não podia deixar o carro parado. O problema era com a ignição e só podia ser consertado no sábado.

Antonio, então, acertou que consertaria o seu carro no sábado. Como combinado, no dia, ele foi buscar o carro do cliente. Como o carro tinha problema na ignição, ele precisou empurrar para ligar e o levar para sua casa.

Quando chegou em casa os seus pais pediram para que os levasse a igreja. Antonio concordou, mas pediu para o ajudarem a empurrar o carro.

Quando ele entrou no carro teve a “intuição” de ligar o carro e surpreendentemente, este funcionou. Mesmo assustado e não entendendo, ele os levou à igreja. Quando voltou apressou-se em verificar o carro e a ligá-lo várias vezes.

O veículo passou a funcionar normalmente, como se alguém o tivesse arrumado. Não havia mais defeito algum. Duas semanas depois, Antonio procurou o proprietário para descobrir se havia problemas com o carro e, este confirmou que o conserto tinha sido perfeito.

Antonio entendeu que Deus consertara o carro para que ele não precisasse trabalhar no sábado. Daquele dia em diante, começou a se interessar mais pela Bíblia, pois viu nisso um alerta de Deus. Depois de entender a vontade de Deus para sua vida, aceitou o batismo e entregou-se completamente nas mãos do Mestre.

“Eu sempre tenho recebido muitas bênçãos com respeito ao sábado. Às vezes, chegavam clientes com serviços grandes e os perdia por não trabalhar no sábado. O cliente levava a outra mecânica e acabava sendo prejudicado, pois o serviço demorava mais para ser realizado. Os clientes começaram a aumentar e eu sempre tive lucro em guardar o sábado. Descobri que quando somos verdadeiramente fiéis Deus nos honra e que, para recebermos Suas bênçãos não precisamos trabalhar no sábado”, diz emocionado.

Há 36 anos, Antonio guarda o sábado e Deus sempre o tem amparado e a sua família também. Quando ele pensa em Deus e Seu compromisso conosco, lembra-se sempre de seu verso bíblico preferido: “Sê fiel até a morte e dar-te-ei a coroa da vida” (Apocalipse 2:10). Seja fiel! Vale à pena confiar no nosso poderoso Deus.

Pr. Evandro Fávero

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

COMPARTILHE

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More