terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Preciso de um homem fiel

A programação do sábado em nossa igreja estava apenas começando quando a reunião foi interrompida pela presença de uma equipe de guardas da polícia do exército procurando por meu pai.

Ele estava dirigindo a Escola Sabatina quando foi “convidado” a acompanhar aquela equipe de policiais para o quartel. Ele deveria cumprir uma ordem de prisão expedida pelo capitão por não comparecer para dar o plantão naquele sábado.

Ele já havia sido escalado outras vezes e já havia dito que como fiel adventista não poderia comparecer para dar o plantão no sábado. O capitão o advertira várias vezes e estava sentindo-se desafiado. Aquele foi um dia de apreensão e agonia para a nossa família e para toda a igreja. Logo nos pusemos em oração com a igreja enquanto meu pai estava sendo detido no quartel por descumprir uma ordem superior. Ele passou o sábado, o domingo e somente seria liberado na segunda-feira com a ordem do general.

Foi um final de semana muito difícil para todos nós. Minha mãe tomou a decisão de ir conversar com o general sobre a dificuldade que meu pai estava tendo para guardar o sábado por causa da “implicância” daquele capitão em insistir que meu pai prestasse serviço aos sábados. Oramos a Deus e fomos para aquela importante entrevista. Minha mãe apresentou as razões ao general porque o meu pai não viria aos sábados que fosse escalado e que ele ficaria preso tantas vezes quantas fossem necessárias, mas seria fiel a Deus acima de tudo.

Aquele general ouviu a exposição de minha mãe, na verdade um estudo bíblico sobre o sábado, e disse para ela: “Eu preciso desse homem para ser o chefe de minha segurança particular. Eu preciso de um homem fiel”.

A partir daquele momento meu pai foi colocado como chefe da segurança particular do general. Reportava-se diretamente a ele e o melhor, tinha todos os sábados livres para servir ao Senhor. Nós agradecemos muito a Deus por aquela probante experiência. Ela foi benéfica para nossa família e para toda a igreja. Aprendi com o exemplo de meu pai a ser fiel ao sábado custe o que custar.

Eu creio que Deus também hoje está à procura de “homens fiéis” de “famílias fiéis” e de “igrejas fiéis”. Somente Cristo é Senhor do sábado. Se desejarmos fruir as bênçãos sabáticas, devemos aceitar o controle de Jesus em nossa vida e desfrutarmos a vitória em sua maravilhosa graça.

Enquanto celebramos a entrada de cada sábado, façamos um compromisso com Deus de sermos fiéis nesta questão tão importante. Muitos membros precisam de nossa orientação para a observância do sábado, façamos nosso melhor. As recompensas do Senhor são certas. Eu posso confirmá-las!

“Se desviares o pé de profanar o sábado e de cuidar dos teus próprios interesses no meu santo dia; se chamares ao sábado deleitoso e santo dia do Senhor, (...) então te deleitarás no Senhor. Eu te farei cavalgar sobre os altos da terra e te sustentarei com a herança de Jacó, teu pai, porque a boca do Senhor o disse.” Isaías 58:13-14.

Pr. Alberto Duarte de Oliveira
Associação Baixo Amazonas -UNB

1 comentários:

"Mas Quem será que comigo vai, o meu nome sabe bem, Ele faz arder meu coração... Quem será?" ♫

Ouvindo esta música quando li o artigo, toca profundamente na razão de ser fiel! Que o Pai nos ajude a sermos amantes de Sua Lei até que Ele volte!

Maranata!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

COMPARTILHE

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More