terça-feira, 10 de maio de 2011

Sou um prego

“Se te fatigas correndo com homens que vão a pé, como poderás competir com os que vão a cavalo?” Jeremias 12:5

Segundo meu entendimento, a função específica do prego é sujeitar, sustentar e unir. Nunca devemos subestimar sua utilidade, visto que deixar de utilizá-lo ou colocá-lo em um lugar inadequado pode significar uma rápida deterioração da estrutura que está sendo fabricada. Existe uma tremenda variedade de tipos de pregos; há os pequenos e os grandes, os grossos e os finos.

Tudo depende do uso que se queira dar e, caso você não encontre o que estiver buscando, em nossa sociedade atual, localizará o fabricante para que o fabrique na medida de sua necessidade.

Há algo importante em tudo isso: o PREGO nunca é mais importante que a estrutura e, se não cumprir a função desejada, não será substituído por outro, mas o prego mais forte de todos nunca será mais transcendente que aquele que o sustém.

E o que dizer dos pregos usados ou já utilizados. Muitas vezes eles são jogados fora, mas outros voltam a ser empregados porque ainda prestam um serviço significativo. Nesse último caso, em certas ocasiões é necessário martelá-los várias vezes com o martelo para endireitá-los.

O Carpinteiro da Galiléia foi perfeito mas fez uso das ferramentas. Trabalhou sem dúvida com pregos, mas sua verdadeira especialidade foi o trato com as pessoas, visto que elas seriam os instrumentos para construir Seu reino. Uma pessoa colocada no lugar certo e no momento certo pelo artífice Mestre é como um prego... sustenta o reino de Deus nesta terra. Sustentar o reino de Deus é a tarefa de todo filho Seu. Eu sou o prego e Jesus o Carpinteiro. Quero SUSTENTAR, SUJEITAR E UNIR nesta grande obra.

O Carpinteiro Redentor sempre coloca seus pregos no lugar certo... nunca erra e o que é mais importante, jamais descarta a ninguém que esteja disposto a ser utilizado. O Pr. Baraka Muganda disse: “Quero ser um prego que sustente a figura de Jesus... o prego não pode ser visto, sempre fica atrás... o importante é o Salvador, nunca o prego”. “Eu sou um prego”, e estou feliz de sê-lo.

Pr. Roberto Gigliotti
Asociación Argentina del Sur - UA

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

COMPARTILHE

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More