quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Resumo da lição 8 da Escola Sabatina

CLIQUE NA IMAGEM ACIMA PARA BAIXAR O POWER POINT

Título: “De escravos a herdeiros”

Texto-chave
“Assim, você já não é mais escravo, mas filho; e, por ser filho, Deus também o tornou herdeiro”. Gl. 4:7, NVI

Objetivos
1. Conhecer o processo pelo qual somos revestidos de Cristo no batismo e nos tornamos herdeiros de Seu reino.

2. Sentir a intimidade pai/filho, através do Espírito de Cristo em nosso coração.

3. Levar-nos a viver como filhos de Deus, não sob a condenação da lei, mas livres para aceitar os plenos direitos da herança.

Verdade Central

Enquanto vivemos a vida de Cristo, somos chamados filhos de Deus e temos todos os direitos dos que herdarão o reino de Cristo por causa de Suas dádivas, e não por nossos méritos.

Domingo: Nossa condição em Cristo (Gl. 3:26-29)

Qual a nossa relação para com a lei, agora que somos redimidos por Jesus?

1. Sem Cristo, estávamos sob o controle da lei como uma criança ficava sujeita à autoridade de um tutor ou aio.
2. A fé em Cristo nos eleva à condição de filhos de Deus. Paulo diz que já não somos “menores”, mas filhos adultos, que pelo batismo, se associam a Cristo e tornam-se “co-herdeiros” com Cristo (Rm. 8:17).

Segunda-feira: Escravizados aos princípios elementares

As leis e sacrifícios do Antigo Testamento eram apenas os fundamentos da salvação.

1. Para Paulo, estabelecer a vida em torno dessas regras, em vez de Cristo, é voltar no tempo, é voltar à imaturidade cristã.

2. Cristo nos perdoa as transgressões da lei e nos confere poder para obedecê-la.

3. A lei que nos condenava quando escravos, agora nos atrai como filhos.

Terça-feira: “Deus enviou Seu Filho” (Gl. 4:4)

A entrada de Jesus na história humana não foi acidente.

1. Foi uma iniciativa de Deus (“Ele enviou Seu Filho”).

2. Unindo Sua natureza divina à nossa natureza humana, Cristo se qualificou legalmente para ser nosso substituto, Salvador e Sumo Sacerdote.

3. Por Sua morte na cruz, Ele cumpriu a justiça da lei e ofereceu-nos a redenção.

Quarta-feira: Os privilégios da adoção (Gl. 4:5-7)

O que Paulo quis dizer com Cristo ter vindo ao mundo “resgatar os que estavam sob a lei” (v.4,5)?

1. A palavra resgatar significa “comprar de volta”.
2. Referia-se ao preço pago para comprar a liberdade de um refém ou escravo.
3. O contexto implica um passado negativo em que não havia liberdade. Nossa redenção nos liberta do diabo e de suas artimanhas, da morte eterna, do poder do pecado que nos escravizava e da condenação da lei.

Quinta-feira: Por que voltar à escravidão? (Gl. 4:8-20)

Paulo tinha em mente que as práticas religiosas dos gálatas eram um falso sistema de adoração que resultava em escravidão espiritual.

1. Sua carta era uma advertência aos gálatas que estavam se afastando da filiação e retrocedendo à escravidão.

2. Paulo apela para que os novos cristãos gálatas não retornassem aos “rudimentos fracos e pobres” que uma vez os haviam escravizado (Gl. 4:9).

Conclusão

1. Em Cristo fomos adotados na família de Deus como filhos e filhas.
2. Como filhos de Deus, temos acesso a todos os direitos e privilégios que envolvem essa relação de família.
3. Querer um relacionamento com Deus na base das normas e regulamentos seria um absurdo. Seria como um filho querendo renunciar à sua posição e herança a fim de se tornar escravo.

Pr. Wallace Barreto
Pastor distrital do IACS, RS.

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

COMPARTILHE

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More