quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Não havia lugar

Quando Jesus nasceu, não havia lugar nem para ele nem para José e Maria. O texto bíblico é claro: Ela deu à luz ao seu filho primogênito, enfaixou-o e deitou-o numa manjedoura porque não havia lugar para eles na hospedaria. Lucas 2:7. A chegada de Jesus a este mundo não poderia ser mais simples e humilhante do que foi. O Messias, o príncipe da paz, merecia melhor recepção e honra maior. Teve que nascer num estábulo porque faltava lugar naquela hospedaria de Belém.

Neste Natal, convém pensar que Jesus precisa nascer em nossos corações, sem o que pouco ou nada adiantou ter nascido em Belém. Acontece, porém, que os corações humanos estão abarrotados por coisas supérfluas e falta lugar para Jesus neles nascer. Orgulho, vaidade, amor aos bens materiais, ódio, vingança, egoísmo e inveja tornam repletos os corações e falta lugar. Chegou a hora de expulsar o materialismo, o hedonismo, a incredulidade e tudo o que impede o progresso espiritual.

O profeta Isaías fez um resumo da situação da humanidade em todos os períodos da História, principalmente nos dias atuais: "Porém, é só gozo e alegria que se veem; matam-se bois, degolam-se ovelhas, come-se carne, bebe-se vinho e se diz: comamos e bebamos que amanhã morreremos." Isaías 22:13. Esta atitude consumista da vida caracteriza melhor a nossa época e tem contaminado o espírito natalino. Natal sem Cristo é uma aberração. Estômagos cheios e corações vazios.

Não é o Pai Nosso, e sim "Papai Noel", figura lendária a empolgar as multidões. A comunhão com Deus Pai, também chamada de Aba Pai, expressando mais amizade e intimidade com Deus, soberano, onisciente, onipotente e onipresente, é a nossa maior necessidade. É nosso dever resgatar os valores do Natal tais como expressos nas páginas dos evangelhos. O nome de Jesus seria Emanuel, significando, literalmente, "Deus conosco". Quem tem Jesus tem tudo. Quem não tem Jesus nada tem. Ele, na verdade, é o nosso salvador e redentor. Os magos vieram de longe para homenageá-lo. Os anjos chegaram com cânticos e antífonas celestiais. Belém significa "casa de pão". Ali, humilde, chegou o pão da vida para enriquecer nossa vida e alimentar nossa alma. (Artigo veiculado no jornal Diário Catarinense)

Pr. Anísio Chagas

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

COMPARTILHE

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More