sexta-feira, 7 de setembro de 2012

Ele virá



“Eis que vem com as nuvens, e todo olho O verá, até mesmo aqueles que O traspassaram; e todas as tribos da terra se lamentarão sobre Ele. Sim. Amém”. Apocalipse 1:7

Durante muito tempo, ouvimos da volta de Jesus. Um dos hinos inspiradíssimos dos Arautos do Rei é aquele que diz assim: “Já ouvimos tantas vezes sobre a volta de Jesus. Nosso coração anseia ver o brilho de Sua luz. Mas os dias vão passando, meses, anos vêm e vão, e Jesus não aparece, temos esperado em vão? Os sinais vão se cumprindo com incrível precisão. Nossa fé está segura na divina inspiração”.

Essa promessa mexe muito com nossas emoções e nos motiva muito. Ela nos move e nos inspira a viver consagrados ao Senhor. Escrevemos livros, cantamos canções inspiradas e até colocamos como toque de chamada em nosso celular.

Mas, ultimamente, no seio de nossas igrejas, vivemos como paralisados e alguns até desmotivados com essa grande e belíssima promessa. O mundo e seus atrativos vêm nos seduzindo. Vêm tomando tanto tempo de nós, que já não há mais tempo de pensar e meditar na volta de Cristo. Sabemos que Ele virá. Conhecemos as profecias. Damos estudos bíblicos às pessoas que se interessam pelas Escrituras. Cantamos os hinos que nos falam do Seu breve retorno, mas parece que nossos corações estão embriagados pelos prazeres e motivações atraentes que o mundo nos oferece.

Nos dias da igreja primitiva, os líderes e membros viviam com tanta expectativa da volta de Jesus, que até mesmo o apóstolo Paulo pregava e escrevia do breve retorno de Jesus como se Ele fosse voltar no seu tempo, na sua geração.

Hoje temos muitos planos. O mundo se projeta para acontecimentos futuros. Projetos para cinquenta, cem e duzentos anos, como se as profecias e as promessas bíblicas fossem de menos importância. Vamos criando raízes profundas em nossa vida. Vamos planejando para o “aqui e agora” e perdemos de vista a gloriosa promessa do retorno de Cristo.

Além do mais, existe aquela coisa de tanto ouvir falar sobre a volta de Jesus, que nós nos acostumamos com o assunto e já não vibramos mais com os acontecimentos. Enxergamos o mundo com a mesma perspectiva daqueles que não tem nenhuma esperança. Somem-se a isso as provações e privações do dia a dia, que nos fazem desanimar, a luta pela sobrevivência e os conflitos pessoais que cada um de nós carregamos.

No final do hino que os Arautos do Rei canta existe um alerta para todos nós, que diz assim: “Se você já foi tentado a descrer ou desistir, isso é obra do engano pra fazer você cair. Já está chegando o dia quando Deus Se erguerá do Seu trono de justiça e a Jesus, então, dirá: Filho, vai. Chegou a hora”.

Eu não sei que provação você está vivendo ou as lutas que está enfrentando. O único que sei, e carrego isso dentro de mim, é que um dia Jesus virá. Aguente mais um pouquinho, porque Ele está voltando. Já preparou a casa e a mesa e só está esperando você.

Pr Edmário de Jesus Correia
Missão Nordeste - UNeB

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

COMPARTILHE

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More