domingo, 18 de novembro de 2012

Resumo da lição número 8 da Escola Sabatina

  
CLIQUE NA IMAGEM ACIMA PARA BAIXAR O POWER POINT E O RESUMO EM WORD

Título: A igreja a serviço da humanidade 

Texto chave 

“Escrevo-te estas coisas, esperando ir ver-te em breve; para que, se eu tardar, fiques ciente de como se deve proceder na casa de Deus, que é a igreja do Deus vivo, coluna e baluarte da verdade” I Tm 3:14, 15.

Objetivos 

1. Conhecer a finalidade e função para qual a igreja foi designada, entendendo que Cristo é seu fundamento e cabeça.
 
2. Realçar que as muitas partes da igreja devem apoiar e fortalecer umas às outras.

3. Como membros da igreja devemos seguir o exemplo de liderança servidora de Cristo.

Verdade Central 

“Devemos lembrar que a igreja, enfraquecida e defeituosa como seja, é o único objeto na terra a que Cristo concede sua suprema consideração” (Mensagens Escolhidas, V2, P. 396).

Domingo: A natureza da igreja: parte 1 

Em termos gerais, a palavra Ecclesia indica um grupo de pessoas chamadas por meio da iniciativa de Deus. Como isso explica o uso que Paulo fez dessa palavra em três diferentes níveis:

1º a igreja nos lares (Rm 16:5; 1Co 16:19)
2º a igreja em cidades específicas (1 Co 1:2; Gl 1:2)
3º a igreja em áreas geográficas (At 9:31)

• Ecclesia descreve qualquer grupo de pessoas reunidas que compartilham de um relacionamento de salvação com Cristo. Isso significa que as congregações não são apenas uma parte de toda a igreja, mas cada unidade representa o todo.

• A igreja é uma só em todo o mundo, mas ao meso tempo está presente em cada congregação.

Segunda-feira: A natureza da igreja: parte 2 

Além da palavra Ecclesia, o novo testamento descreve a igreja por meio de várias imagens, que aprofundam a explicação sobre a natureza e função. Dois conceitos no novo testamento chamam a atenção: Corpo de Cristo e povo de Deus.

Em Romanos 12:5, a igreja é descrita como o corpo de Cristo. Como esse texto nos ajuda a entender melhor a natureza e a função da igreja?

• Talvez a ideia mais óbvia seja sobre a unidade da igreja. Esse é um conceito expresso em outras partes do novo testamento, 1 Coríntios 12:27 e Efésios 1:22, 23.


• Algumas pessoas sofrem do que são conhecidas como doenças autoimunes: seu próprio sistema imunológico, que deveria proteger o corpo, o ataca. Pense nas implicações dessa analogia para igreja como “o corpo de Cristo”.

• Na Bíblia o conceito “povo de Deus” é aplicado aos filhos de Israel (Dt 14:2). Em 1 Pedro 2:9, o conceito é claramente aplicado aos cristãos. Isso significa que, mesmo quando o conceito é aplicado aos Cristãos, ele ainda é usado para descrever a nação de Israel (Lc 1:68; Rm 11:1,2 ). Evidentemente, o novo testamento aplica o conceito à igreja de uma forma que sugere continuidade e consumação (Gl 3:29).

Terça-feira: A missão da igreja 

A igreja, como “corpo de Cristo” deve fazer o que Cristo faria se ainda estivesse corporalmente na terra. É por essa razão que a igreja, como uma “assembleia” tem sido chamada para agir.

A igreja não tem simplesmente uma missão. Ela é a missão. Missão envolve enviar pessoas para falar em nome de Deus. Foi o que Deus fez com os profetas de Israel (Jr 7:25) e com os apóstolos (Lc 9:1,2; 10:1,9). Jesus enviou seus discípulos assim como o Pai O havia enviado (Jô 20:21). A igreja de hoje não pode fazer menos e permanecer fiel a sua vocação.

Embora a igreja enfrente muitos desafios, um dos mais difíceis é manter um equilíbrio adequado na sua compreensão da missão. É muito fácil a igreja ficar envolvida com a reforma social e com o trabalho para melhorar a sociedade e remediar suas mazelas. Embora esse trabalho seja importante, jamais se deve permitir que ele anule a principal missão da igreja: alcançar os perdidos para Jesus e preparar pessoas para sua volta.

Você está envolvido com a missão da igreja? Você poderia fazer mais do que está fazendo? Por que é importante para seu crescimento espiritual estar envolvido com o chamado da igreja?


Quarta-feira: Unidade da igreja

Jesus orou pela unidade da igreja (Jo 17:21,22) Paulo exortou os crentes sobre isso (Rm 15:5,6). De acordo com esses textos, como devemos entender a unidade?

• A unidade pela qual Cristo orou e Paulo exortou os crentes a alcançar, claramente envolvia uma união de sentimento, pensamento, ação e muito mais. Diferente dos métodos humanos de buscar unidade, ela é um dom concedido aos crentes quando Cristo habita no coração (Jo 17:22,23) e mantida pelo poder de Deus, o Pai (Jo 17:11).

• A unidade é essencial para a igreja porque, sem isso ela não pode cumprir com sucesso sua missão. Não é de admirar que a questão da unidade estivesse na mente de Cristo perto do fim de sua vida terrena.

• Embora tensões e pressões sejam inevitáveis em todos os níveis da igreja, precisamos manter uma atitude de humildade, abnegação, e desejar um bem maior do que nós mesmos. Muitas das divisões que surgem são devidas ao egoísmo, orgulho e ao desejo de exaltar a si mesmo e as próprias opiniões acima dos outros.

• Em resumo, a unidade começa com cada um de nós, individualmente, como seguidores de Cristo, não apenas no nome, mas em uma vida verdadeira abnegação, dedicada a uma causa a um bem maior que nós mesmos.

Quinta-feira: Administração da igreja 

Os Adventistas do Sétimo Dia têm um sistema representativo de administração da Igreja. Idealmente, a liderança atua apenas como representante, recebendo autoridade e responsabilidades delegadas pelos membros. Não é suficiente apenas mostrar que um sistema de administração da igreja esta fundamentado nas escrituras; o exercício da autoridade dentro do sistema deve demonstrar sensibilidade aos valores bíblicos.

A organização da igreja precisa estar centralizada na promoção da pregação do evangelho. Biblicamente, a administração da igreja é tão boa quanto sua promoção da missão e evangelismo.

Embora Cristo exerça sua autoridade por meio de sua igreja e seus oficiais nomeados, Ele nunca entregou seu poder a eles. Ele mantém a liderança da igreja (Ef 1:22). A igreja primitiva estava consciente do fato de que não podia exercer nenhuma autoridade independente de Cristo e Sua palavra.

Conclusão 

Cristo é o cabeça da igreja e o melhor exemplo de missão, unidade e serviço por meio de Sua vida abnegada neste mundo. Sua vida foi perfeita unidade com o Pai, Culminando com sua morte expiatória na cruz.

Pr. Célio Longo 
Departamental de Escola Sabatina na Associação Central Paranaense - ACP

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

COMPARTILHE

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More