domingo, 12 de maio de 2013

Resumo da lição número 7 da Escola Sabatina


 
CLIQUE NA IMAGEM ACIMA PARA BAIXAR O POWER POINT E O RESUMO EM WORD


TÍTULO: “O povo especial de Deus (Miqueias)”

TEXTO-CHAVE: “Ele te declarou, ó homem, o que é bom e que é que o Senhor pede de ti: que pratiques a justiça, e ames a misericórdia, e andes humildemente com o teu Deus” - Mq. 6:8.

OBJETIVOS:

1. Mostrar que Deus revela o que é bom em Sua Palavra. Deus quer somente o nosso melhor e é por isso que Ele nos dá instruções e leis.

2. Criar o desejo de estar perto do Senhor, de Seu caráter amoroso e desfrutar Sua presença.

3. Desenvolver o hábito de passar tempo com Deus. Como resultado, Seu amor e bondade serão vistos em nosso caráter.

VERDADE CENTRAL: Mesmo em meio à pior apostasia, o Senhor estava disposto a perdoar e curar Seu povo.

RESUMO DA SEMANA:

Domingo: A agonia do profeta (Mq. 1:1-9)

Os profetas de Deus ficavam muito envolvidos com a mensagem que anunciavam e frequentemente sofriam por causa do povo rebelde. Exemplos:

• Miqueias sofreu porque ficou extremamente tenso com o pensamento do juízo destrutivo sobre Samaria e Jerusalém (Mq. 1:1-9).

• Elias sofreu por causa da perseguição de Jezabel que queria matá-lo porque ele se levantou para defender o nome de Deus (1 Rs. 19:1-4).

• Ezequiel sofreu porque perdeu a sua esposa em sinal da tragédia que sobreviria a Israel (Ez. 24:15-18).

Segunda-feira: Aquele que trama iniquidade (Mq. 2 e 3)

Quais eram os pecados cometidos pelo povo de Israel que ameaçavam trazer o juízo divino e que em nossos dias podem acontecer também?

• Quando Acaz assumiu o trono em Judá a situação para Isaías, Miqueias e seus associados ficou muito mais difícil porque ele incentivou a idolatria (1 Rs. 16:10-18).

• Líderes civis e religiosos entraram em apostasia e exerceram uma liderança opressora porque usavam do engano para tirar vantagens.

• Achar que o status de “povo de Deus” os torna imunes aos juízos de Deus. Pelo contrário, uma vez que as promessas de Deus eram condicionais à obediência aos Seus mandamentos, este status especial diante de Deus aumentava ainda mais a responsabilidade por seus atos.

Terça-feira: O novo rei de Belém (Mq. 5:2)

Como os escritos do profeta Miqueias nos ajudam a entender o valor da nossa vida e o quanto significamos para Deus?

• Miqueias profetizou que da pequena Belém sairia o Rei de Judá – o Messias. O bebê que nasceu na manjedoura era Deus, nosso Salvador!

• O Deus Criador tomou sobre si a humanidade e Se ofereceu como sacrifício pelos nossos pecados através da morte na cruz.

• Isso nos ensina o quanto Deus nos valoriza e nos ama e mostra que significamos o que há de mais precioso diante do Senhor. Nossa vida valeu o sangue do Filho de Deus!

Quarta-feira: O que é bom (Mq. 6:1-8)

Deus fez muito em favor do Seu povo nos tempos bíblicos e ainda faz hoje. Em resposta, o adorador deve agradar a Deus. Qual é a vontade de Deus para esta resposta do Seu povo?

• Praticar a justiça: tem a ver com retidão e igualdade para todos, inclusive os fracos e impotentes. A justiça é obra do Espírito Santo em nossa vida.

• Amar a misericórdia: ser bondoso demonstrando amor, lealdade e fidelidade aos outros de modo livre e espontâneo.

• Andar com Deus: ter uma vida de comunhão colocando Deus em 1º lugar e vivendo de acordo com a Sua vontade.

Quinta-feira: Nas profundezas do mar (Mq. 7:18-20)

Qual a grande lição que aprendemos do significado do nome de Miqueias e da conclusão do seu livro profético?

• O nome Miqueias significa “Quem é como o Senhor?”. Este nome é um lembrete da singularidade de Deus e de que ninguém há igual à Ele. Ele é Deus Criador, Mantenedor e Redentor!

• A boa notícia apresentada por Miqueias é que a punição nunca é a última palavra de Deus. A ação divina nas Escrituras se move constantemente do juízo para o perdão, da punição para a graça e do sofrimento para a esperança.

• Deus promete perdoar os nossos pecados e esquecê-los para sempre, pois Ele os lança nas profundezas do mar!

CONCLUSÃO:

1. Devemos agir com responsabilidade obedecendo aos mandamentos de Deus porque somos povo escolhido dEle.

2. Devemos confessar nossos pecados a Deus, pois Ele perdoa nossos pecados e os lança nas profundezas do mar.

3. Devemos viver com esperança porque há dois mil anos em Belém nasceu nosso Salvador, que é Cristo, o Senhor.

4. Devemos fazer o que o Senhor pede de nós: justiça, misericórdia e comunhão com Ele.

Pr. João Lorini Distrito 
Associação Sul Riograndense

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

COMPARTILHE

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More