sexta-feira, 19 de julho de 2013

A Palavra a base do Reavivamento - Comentário da Lição

VERSO PARA MEMORIZAR: “Pleiteia a minha causa e livra-me; vivifica-me, segundo a Tua Palavra” (Salmos 119:154, RC).

Um dos exemplos mais dramáticos da capacidade divina das escrituras para transformar homens e mulheres foi relatado no famoso filme Mutiny on the Bounty (no Brasil O Grande Motim, original de 1935). Após a sua rebelião contra o f
amigerado Capitão Bligh, nove amotinados, junto com os homens e mulheres do Taiti, encontraram o caminho para Pitcairn Island, um pequeno ponto no Pacífico Sul, apenas dois quilômetros de comprimento e um quilômetro de largura.

Dez anos depois, bebida e combate a tinha deixado apenas um homem vivo John Adams. Onze mulheres e 23 crianças compunham o resto da população da Ilha. Até agora, esta é a conhecida história que ficou famosa no livro e filme. Mas o resto da história é ainda mais notável. Nessa época, Adams deparou com a Bíblia do Bounty, no fundo de um velho baú.

Ele começou a lê-la, e o poder divino da Palavra de Deus entrou no coração daquele homem endurecido nesta minúscula ilha do vasto Oceano Pacífico e mudou sua vida para sempre. A paz e o amor que Adams havia encontrado nas Escrituras inteiramente substituiu a velha vida de brigas e de álcool.

Ele começou a ensinar as crianças a partir da Bíblia até que cada pessoa na ilha tinha experimentado a mesma mudança incrível que ele havia encontrado. A palavra de Deus é viva e eficaz e quando a lemos tocam as necessidades de nossas vidas de uma forma quase palpável.

Assumir que estamos errados e precisamos de mudança é algo difícil. Se formos honestos com nós mesmos, veremos que também necessitamos de um reavivamento mais do que pensamos. É claro que normalmente não pensamos sobre nós mesmos dessa maneira. Nos orgulhamos, ao ver de como somos bons. Fingimos que não temos problemas.

A fim de manter o jogo, ser famoso, para conseguir um bom emprego ou comprar uma casa grande ou um carro do ano para mostra quão "bom" nós somos. Amamos encobrir os nossos problemas morais ou conjugais afim de evitar uma exposição de nossas fraquezas. Mas, na verdade, estamos mortos espiritualmente, e precisamos ser reavivados.

A única maneira de haver uma reavivamento em nossas vidas é ter a palavra de Deus como base de tudo. No passado o reavivamento aconteceu através das sagradas escrituras, uma busca incessante pelas verdades bíblicas. A grande verdade é que “enquanto outros livros informam e poucos reformam, só este livro transforma”, afirmou A. T. Pierson.

A primeira coisa que precisamos fazer é definir a palavra reavivado. Temos focado e orado por reavivamento por vários anos. Para a maior parte da igreja esta palavra não é nova, e ainda assim, é fácil esquecer seu significado. Na raiz desta palavra reavivar aqui no Salmo 119 significa "trazer à vida." Da raiz latina, “re” significa novo e “Vivere” vida. Na verdade, algumas versões e traduções não usam esta palavra reviver mas as palavras “trazer à vida”.

Quando olhamos para todos os versos que contém o termo "vivifica-me", ficamos surpresos ao ver alguém tão forte na vida cristã que regularmente clama: "Vivifica-me!" Mas há outra característica neste Salmos, se você já leu o Salmos 119 antes, você sem dúvida reconheceu que ele está preocupado com a Palavra de Deus.

A palavra de Deus é a fonte que nunca seca para o reavivamento espiritual na vida do cristão. Davi compreendeu muito bem essa necessidade de busca na fonte da vida forças para sua fraqueza espiritual. Somos como um copo que precisa constantemente ser cheios do poder de Deus. Se tenho um copo vazio, é fácil levá-lo para a torneira e encha-lo com água. Mas se eu pensar que ele está cheio, então nunca irei enchê-lo. Esta é a maneira que é com a nossa vida espiritual. Jesus é o rio da vida e ainda assim não vamos a Ele para ser ajudados.

A Bíblia, a Palavra de Deus, é diferente de qualquer outro livro que você tem em sua casa ou na sua estante. A Biblioteca do Congresso Americano reivindica ser a maior biblioteca do mundo, com mais de 130 milhões de itens em com aproximadamente 850 quilômetro de estantes. As coleções incluem mais de 29 milhões de livros e outros materiais impressos, 2,7 milhões de gravações, 12 milhões de fotografias, mapas, 4,8 milhões e 58 milhões de manuscritos. No entanto, entre todos esses volumes os únicos que podem colocar reivindicações de estar vivo e poderoso são cópias da Bíblia. Isso coloca a Bíblia em uma única categoria só para ela. A palavra "viva" (zon) em Hebreus 4:12 é colocada na posição empática no idioma original.

A palavra de Deus não é letra morta, mas como a palavra do Deus vivo que não se possa deixar de ser vivo. Como a palavra viva que continua através de cada idade com relevância convincente. Conta-se a história de um homem que buscava receber inspiração da palavra de Deus, ele dizia que não conseguia receber esta inspiração da Bíblia, embora ele tinha feito isto várias vezes. "Leia a palavra mais uma vez", respondeu o velho pastor," então você vai contar uma nova história!” Ou seja, é impossível ter contato com a palavra de Deus e contar a mesma história sempre. Ele é viva, cada contato com ela, faz com que vivenciamos diferentes experiências.

"Porque a palavra de Deus é viva e eficaz". A palavra traduzida como "poderoso" (energes) é a palavra da qual temos no português energia e energético. A palavra significa literalmente "no trabalho." Charles Swindoll afirma que "artigos de Jornais podem nos informar. Romances podem nos inspirar. A poesia pode encantar-nos. Mas só a Palavra, vida ativa de Deus pode nos transformar.” A razão para ler a Bíblia é para se encontrar com seu Autor. Não faça uma leitura da Bíblia apenas para o seu próprio bem, como alguns têm feito, mas o-faça porque é vital para ter um encontro com Deus, cuja natureza e personagem são revelados em seu livro para nós, e também para aceitar sua oferta de salvação e cura. Como O próprio Jesus disse: " Examinais as Escrituras, porque vós cuidais ter nelas a vida eterna, e são elas que de mim testificam” (João 5:39 ACF).

O grande pregador Charles Spurgeon conclui que “muitos livros em minha biblioteca estão agora desatualizados. Foram bons enquanto eram novos, à semelhança das roupas que usei quando tinha dez anos de idade; mas eu cresci e as deixei para trás. Ninguém jamais deixa para trás as Escrituras por ter crescido; esse livro se amplia e é mais conhecido à medida que passam nossos anos” (MANSER, Martin. The Westminster Collection of Christian Quotations. Louisville: Westminster Knox 2001, p. 22)

A principal razão para a leitura da Bíblia é encontrar o Deus Salvador que quer ter você como seu melhor amigo. A intenção de Deus é ter um relação mais profunda com cada um de nós, e é por isso que Ele se faz conhecido, e sendo assim podemos aceitar sua salvação e viver junto com ele: "Esta é a vida eterna: que te conheçam, o único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste."

Primeiro de tudo, Jesus repreendeu-os por não entender e acreditar nas escrituras. Esta não foi a primeira vez que Jesus repreendeu seus discípulos por não acreditar nas escrituras e por falta de uma fé vibrante. É importante para cada um de nós ler, estudar, meditar e conhecer a palavra de Deus. Porque a palavra de Deus produz fé. Romanos 10:17 diz: "Então, a fé vem em seguida, pelo ouvir e o ouvir pela palavra de Deus.

A NVI diz: "Consequentemente, a fé vem por ouvir a mensagem, e a mensagem é ouvida mediante a palavra de Cristo". Então, começando por Moisés, que é o escritor dos cinco primeiro livros da Bíblia, e também todos os livros dos profetas, que é Gênesis a Malaquias em nossa Bíblia, Ele ensinou-lhes as escrituras, como o que eles disseram sobre ela. Em outras palavras, se eles tivessem entendido o Antigo Testamento teriam conhecido que Jesus era o Messias, e que o Messias tinha de sofrer e morrer antes de sua glória! Para conhecer Jesus é necessário conhecer a Deus. Lucas 24:27 diz: "E, começando por Moisés e todos os profetas, explicou-lhes o que foi dito em todas as Escrituras de si mesmo. A fé é aumenta pela oração, é fortalecida pelo estudo da Palavra e cumpre-se quando submetemo-nos diariamente ao Senhor Jesus.

Conclusão

Muitos anos atrás, Samuel Chadwick escreveu: "Eu tenho orientado a minha vida pela Bíblia há mais de 60 anos, e eu digo que não há livro como ele. É um milagre da literatura, uma fonte perene de sabedoria, uma maravilha de surpresas, a revelação do mistério, um guia infalível de conduta, e uma fonte indescritível de conforto. Não preste atenção às pessoas que desacreditar, pois eu vos digo que eles falam sem conhecimento. É a própria Palavra de Deus. Estudá-la de acordo com sua própria direção. Viver por seus princípios. Acredite sua mensagem. Siga seus preceitos. Nenhum homem é ignorante que conhece a Bíblia, e ninguém é sábio que é ignorante de seus ensinamentos” (CHADWICK, Samuel. 1001 Grandes Histórias e citações. R. Kent Hughes. Wheaton: Tyndale House, 1998, p. 77)

O poder transformador e reavivemto só vem através do profundo relacionamento com Deus. A bíblia é maneira pela qual podemos conhecer a vontade dEle em nossas vidas. Ellen White declara que "Recomendo-vos, caro leitor, a Palavra de Deus como regra de vossa fé e prática. Por essa Palavra seremos julgados. Nela, Deus prometeu dar visões nos 'últimos dias'; não para uma nova regra de fé, mas para conforto do Seu povo e para corrigir os que se desviam da verdade bíblica.” (The Advent Review and Sabbath Herald, 20 de janeiro de 1903), Ou seja, nos últimos dias a bíblia será imprescindível para o reavivamento em nossas vidas. Sem dúvida, Ellen White declara que “um reavivamento da verdadeira piedade entre nós” é “a maior e a mais urgente de todas as nossas necessidades. Buscá-lo, deve ser nossa primeira ocupação.” (Mensagens Escolhidas, vol. 1, p. 121)

Everaldo Carlos (@everaldocarlos1)
Pastor Everaldo é Bacharel em Teologia e pós graduado em Missiologia com ênfase em missão urbana pelo SALT-IAENE. Atualmente exerce a função de pastor na Associação Sul Paranaense na União Sul Brasileira no distrito de Planta São Marcos. Casado com a professora Deise Garcia Arnas.

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

COMPARTILHE

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More