domingo, 4 de agosto de 2013

Resumo da lição número 6 da Escola Sabatina

 
CLIQUE NA IMAGEM ACIMA PARA BAIXAR O POWER POINT E O RESUMO EM WORD

TÍTULO: “Confissão e arrependimento: as condições do reavivamento”

TEXTO-CHAVE

“O que encobre as suas trangressões jamais prosperará; mas o que as confessa e deixa alcancará misericordia”. Proverbios 28:13 

OBJETIVOS

1. Descobrir a importancia do verdadeiro arrependimento no derramamento do Espirito Santo.

2. Contrastar o verdadeiro arrependimento com o falso arrependimento.

3. O arrependimento é um dom do Espirito Santo para nos ajudar a refletir o amor de Jesus aos que nos cercam.

VERDADE CENTRAL

“Arrependimento e confissão, são dois prerrequisitos indispensáveis para receber o poder do Espirito Santo.”

DOMINGO: Arrependimento: um dom de Deus

Que lições importantes podemos extrair da narrativa de Atos 5:30-32?

• O Arrependimento é um dom concedido por Deus. É sua bondade que nos leva ao arrependimento; influenciados pelo Espirito Santo.

• Os discipulos não apenas pregaram o arrependimento, mas o experimentaram.

• Espirito de unidade e harmonia é resultado de arrependimento e confissão.

SEGUNDA-FEIRA: Definição do verdadeiro arrependimento

Segundo a Leitura de 2 Corintios 7:9-11, como é o verdadeiro arrependimento?

• Arrependimento é uma tristeza profunda pelo pecado cometido, com uma decição sincera de abandonar-lo.

• O arrependimento genuino nao leva os cristãos a um estado de depressão profunda por causa de sua natureza e ações pecaminosas.

• A tristeza segundo Deus produz arrependimento para a salvação.

TERÇA-FEIRA: Verdadeiro arrependimento e confissão

“Toda confissão, porém, deve ser definida e sem rodeios, reconhecendo justamente os pecados dos quais vocês são culpados”. (Ellen G. White, Caminho a Cristo, p. 38).

• Arrependimento genuino é sempre acompanhado pela confissão de pecados especificos.

• O objetivo do poder de convicção do Espirito Santo é revelar nossa necessidade da graça salvadora de Cristo.

• O arrependimento e confissão não nos torna merecedores do perdão de Deus, mas nos permite receber perdão originado em sua Misericórdia.

QUARTA-FEIRA: Verdadeiro e falso arrependimento contrastados

Choro, tristeza, confessar pecado, não é sinonimo de que este pecado seja perdoado, porque?

• A vida do Faraó, Balaão, Judas e Esau lembra o falso arrependimento, que focaliza tristeza por si mesmo, onde seus motivos não são sinceros.

• O verdadeiro arrependimento não inventa despulpas para nosso comportamento. Assumimos a responsabilidade pelas nossas ações.

• O falso arrependimento culpa outras pessoas, não fica preoculpado com mudanças de comportamento, a menos que elas traga recompensas.

QUINTA-FEIRA: Poder de cura e confissão

Oque Salmos 32:1-8, nos ensina sobre confissão e arrependimento?

• O sentimento de culpa é bom ou ruim, segundo Ellen White?

• A confissão tem poder de curativo, pois por ela aceitamos o perdão que Cristo nos oferece livremente a partir da cruz.

• Se ofendemos alguém, nossa consciencia perturbada será aliviada quando confessarmos o erro a pessoa a quem ferimos.

CONCLUSÃO

1. Arrependimento e confissão de pecados são elementos fundamentais do crescimento espiritual.

2. Arrependimento e confissão de pecados especificos abrem os canais obstruidos da alma, para que recebamos o Espirito Santo em sua plenitude.

3. Pecado não confessado é uma barreira para a alegria cristã e paz interior. Há alguma coisa entre mim e Deus que nao confessei?

4. A confissão não será aceitável a Deus sem sincero arrependimento e reforma. É preciso haver renuncia do pecado e decisiva mudança na vida.

David Eduardo Azie Montes
Distrito Vila Americana - Associação Central Sul-Riograndense

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

COMPARTILHE

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More