domingo, 22 de setembro de 2013

Resumo da lição número 13 da Escola Sabatina



 
CLIQUE NA IMAGEM ACIMA PARA BAIXAR O POWER POINT E O RESUMO EM WORD

TÍTULO: “Reavivamento prometido: missão cumprida”

Texto-chave “Sede, pois irmãos, pacientes, até à vinda do Senhor. Eis que o lavrador aguarda com paciência o precioso fruto da terra, até receber as primeiras e as últimas chuvas. Sede vós pacientes e fortalecei o vosso coração, pois a vinda do Senhor está próxima”. Tg 5:7, 8

OBJETIVOS

1. Perceber que sem a unção do Espírito Santo a tarefa de anunciar o evangelho em sua plenitude nunca será concluída.

2. Compreender que tal unção, representada pelas chuvas temporã e serôdia, tem por objetivo a terminação da pregação do evangelho.

3. Apresentar a grande necessidade do preparo diário para que sejamos participantes desta dotação especial.

VERDADE CENTRAL

Ainda que a proclamação do evangelho ao mundo inteiro pareça impossível, Deus derramará o Espírito Santo em plenitude sobre os que verdadeiramente a buscarem, a fim de que concluam a missão.

DOMINGO: O poder prometido

A lição apresenta que “os discípulos pregaram não em sua força, mas na força de Cristo”. Não havia grandes atributos neles que os privilegiassem ou que potencializasse a pregação. Mas uma coisa é certa: eles pregaram!

Sabendo que muitos na igreja não possuem talento para a pregação é possível conciliar o receber a unção do Espírito Santo com a não participação da proclamação do evangelho?

• Cristo prometeu estar conosco “todos os dias, até o fim”. Se concedeu poder aos discípulos, este mesmo poder estará à nossa disposição, capacitando-nos.

• Fazermos parte daqueles que anunciam o evangelho pelo poder de Deus é um indício de que recebemos o Seu poder, o qual nos transformará de forma drástica, pois a Sua promessa não falha.

• Se não há em mim disposição ou interesse algum em proclamar o evangelho, necessito avaliar seriamente se tenho desejado que Cristo esteja comigo todos os dias, orando para que Seu poder me capacite.

SEGUNDA-FEIRA: Chuva temporã e chuva serôdia

Somos tentados a acreditar que não há nenhum poder entre a chuva temporã, derramada sobre os discípulos no pentecostes, e a serôdia que será derramada pouco antes da vinda de Cristo para a terminação da obra de forma espantosa. O que mais precisamos compreender hoje sobre a expressão “chuva temporã”, para que a chuva serôdia seja também derramada sobre o povo de Deus nos últimos dias?

• É uma grande falha falar somente da chuva serôdia e negligenciarmos a chuva temporã que a nós Deus quer conceder AGORA. Pois quem não estiver desde já usufruindo deste poder, não estará pronto a receber poder maior.

• Comoção como nunca vista antes será testemunhada na terra por ocasião da chuva serôdia. Devemos, contudo hoje, através do poder da chuva temporã, ser convencidos, instruídos, orientados e capacitados.

• “A menos que a chuva temporã tenha caído, não haverá vida, a folha verde não brotará. A menos que as primeiras chuvas tenham feito seu trabalho, a última chuva não pode levar a semente à perfeição.” (Review and Herald, 2 de Março de 1897)

• “Não deve haver negligência da graça representada pela primeira chuva. Apenas aqueles que estão vivendo a luz que têm, receberão ainda maior luz.” (Idem)

TERÇA-FEIRA: Pré-requisitos para a chuva serôdia

Imagine que você possui muitos recursos e deseja presentear alguém com uma linda Ferrari, mas infelizmente o seu contemplado não sabe dirigir. A lição nos apresenta que “a razão pela qual Deus no pede que oremos pelo Espírito Santo não é que Ele não esteja disposto a nos dar o Espírito, mas porque não estamos preparados para recebê-lo.” Como podemos nos preparar?

• É ilusão acreditar que pode haver comunhão com Deus se meu coração está cheio de rancor e ódio por meu irmão.

• Todo reavivamento espiritual e verdadeira reforma levam a um intenso desejo de testemunhar. Sendo assim, devemos buscar mais e mais por comunhão com Deus para que esta prática faça parte integral da nossa vida.

QUARTA-FEIRA: O batismo de fogo

Na quarta-feira pudemos observar que o fogo é mais um dos símbolos que a Bíblia utiliza para representar o poder que será derramado sobre o povo de Deus. Lembrando que o fogo possui o atributo de purificar, ao sermos batizados com fogo, qual seria o propósito desta purificação?

• Todas as ocasiões em que observamos grandes homens diante do fogo da presença de Deus vemos-lhes também saindo imediatamente para testemunhar. Moisés, Elias, os discípulos no pentecostes.

• Ninguém esteve imerso no poder da presença de Deus para demonstrar ser alguém superior aos demais, para destacar-se como cristão fiel ou predileto de Deus. Todos os exemplos que temos daqueles que se dispuseram a buscar por este santo poder foram capacitados a testemunhar e proclamar as verdades de Deus.

QUINTA-FEIRA: O grande conflito terminou

Jesus Cristo, inegável e indiscutivelmente, vencerá Satanás e seus anjos. Entretanto, hoje, nosso mundo está caindo aos pedaços. Quem não vê isso? Existe algo mais importante do que abrir nosso coração a Jesus e suplicar o reavivamento e a reforma de que tanto necessitamos? O que aconteceria se nosso coração fosse totalmente entregue a Ele e fôssemos completamente dedicados a proclamar essa mensagem ao mundo?

• Satanás fará tudo ao seu alcance para se opor ao testemunho de que o mal, a pobreza, a peste, a dor, o sofrimento o caos e a morte não terão a última palavra.

• Sendo assim, proclamar desde já de que lado estamos nos fortalecerá e nos solidificará ao lado de Cristo quando a crise for maior do que testemunhamos hoje.

• A maior e melhor experiência do cristão hoje, o seu grande e maravilhoso privilégio é experimentar o reavivamento da graça de Deus em nosso coração diariamente, convidando Seu Espírito Santo para nos moldar à Sua imagem. 

CONCLUSÃO:

1. A promessa de que o evangelho será pregado e de que o Espírito Santo é derramado como chuva temporã e, será derramado como chuva serôdia, não falha. Busquemos hoje por este poder para que sejamos participantes da concessão dos últimos dias.

2. Haja comunhão com Deus e unidade entre os membros da igreja, disposição e busca diária do poder dos céus para proclamar a mensagem do evangelho aos que ainda não são “deste aprisco”, pois a chuva virá para que a colheita seja abundante.

3. Jesus Cristo já é vitorioso. Há de reinar por toda a eternidade. Mas ainda estamos inseridos num contexto de grande conflito. Satanás fará de tudo para anular todo testemunho de triunfo. Cabe a cada um de nós escolher de maneira firme e decidida de que lado devemos estar.

Ely Silva Borges Júnior 
Distrito de Cruzeiro do Oeste Missão Oeste Paranaense

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

COMPARTILHE

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More