domingo, 20 de outubro de 2013

Resumo da lição número 04 da Escola Sabatina


 
CLIQUE NA IMAGEM ACIMA PARA BAIXAR O POWER POINT E O RESUMO EM WORD


TÍTULO: Lições do Santuário

Texto chave: E me farão um santuário, para que eu possa habitar no meio deles. (Êxodo 25:8)

OBJETIVOS:

Conhecer a beleza, a verdade e a bondade de Deus na mensagem do santuário.
Ter o desejo de imitar a experiência de Davi no santuário.
Experimentar não apenas a “oração do santuário”, mas a “vida do santuário”.

VERDADE CENTRAL: Precisamos estudar a mensagem do santuário para compreender o Evangelho.

DOMINGO: Lugar da Presença.

O que podemos aprender sobre a presença de Deus em nossas vidas quando olhamos para o santuário estabelecido no meio do povo de Israel?

O pecado separou a humanidade de Deus (Rm 3:23), mas isso não mudou a natureza de Deus, nem seu desejo de estar com os seres humanos (Ex 25:8).

O Santuário encerrava lições sobre a possibilidade estarmos perto de Deus (Nm 1:53) bem como sobre a realidade de estarmos distantes de Deus pelos pecados (Nm 2:2).
Podemos ver no Santuário detalhes sobre o plano da redenção e sobre como Deus iria resolver o problema do pecado para habitar para sempre com os seres humanos (Ap 21:3).

SEGUNDA-FEIRA: Sede santos.

Qual a principal razão pela qual as pessoas devam almejar e buscar santidade pessoal?

Contemplar a santidade de Deus inicia na alma o desejo de refletir essa mesma santidade através do amor a Deus e às pessoas (Lv 19:2).
A santidade que passamos a almejar por conhecermos a Deus deve ser aplicada a todos os aspectos de nossa vida: pensamentos, palavras, comportamentos e relacionamentos (1 Pe 1:14-16).

TERÇA-FEIRA: Utensílios do santuário.

Quais as lições que aprendemos com os utensílios do santuário?

Os utensílios eram símbolos de eventos, princípios e realidades envolvidos em nossa salvação.
O santuário continha a lei de Deus em seu recinto e móvel mais importante, mas também proporcionava um ministério que tornava possível o perdão da transgressão da lei de Deus.

QUARTA-FEIRA: Centro de atividades divinas e comunitárias.

Qual a importância do templo para a comunidade em sentido espiritual?

As realidades mais importantes da vida espiritual do povo de Deus estavam intimamente ligadas com o santuário (1 Rs 8:31-53). O povo de Deus, que deveria buscar ao Senhor em oração no santuário, deveria ser constituído não somente de israelitas, mas de pessoas de “todos os povos” (Is 56:7).

QUINTA-FEIRA: Até que entrei no santuário.

Entrar desatentamente no santuário traria algum benefício ao adorador?

Devemos desejar habitar no santuário, na presença de Deus, todos os momentos e dias de nossa vida, por toda a eternidade (Sl 23:6).
Devemos contemplar a história humana e do pecado a partir do santuário para entendermos o fim de todo mal (Sl 73:1-17)

CONCLUSÃO:

A convicção da presença de Deus em nossas vidas deve ser constante e nos inundar com senso de seu amor e justiça.

A santidade e vitória contra os pecados devem ser objetivos claros e constantes diante de nós.
O Santuário é um local onde aprendemos as verdades sobre a lei de Deus e sobre a salvação de nossa transgressão dessa lei.
Contemplar o fim do pecado a partir do santuário é o antídoto contra uma visão distorcida da justiça de Deus em nosso mundo.

Ezequiel Rosa Gomes Junior 
Auxiliar de Evangelismo ACSR

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

COMPARTILHE

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More