sexta-feira, 3 de janeiro de 2014

Resumo da lição número 01 da Escola Sabatina

http://www.usb.org.br/admin/files/arquivos/dcead25ca752806c9e0f1c679513d3c0.zip
CLIQUE NA IMAGEM ACIMA PARA BAIXAR O POWER POINT E O RESUMO EM WORD



TÍTULO: “OS DISCIPULOS ES AS ESCRITURAS”

TEXTO CHAVE

“Examinais as Escrituras, porque julgais ter nelas a vida eterna, e são elas mesmas que testificam de Mim” (Jo 5:39).

OBJETIVOS

1. Conhecer e compreender a autoridade das Escrituras no Discipulado.

2. Aplicar a os Princípios que são mostrados para nosso benefício.

3. Entender que o Discipulado não acontece sem o conhecimento e pratica das Escrituras.

VERDADE CENTRAL

O Discipulado é um relacionamento com Deus através da sua palavra, a Bíblia. Palavra que possui poder para transformar vidas!

DOMINGO: JESUS E BÍBLIA

Que Jesus possuía um relacionamento profundo e intimo com as escrituras é nítido, mas como podemos ver isto mais claramente?

• Jesus lia e estudava a Bíblia. Pois Ele sabia que necessitava beber da fonte.

• Jesus meditava no que lia. Assim Ele se mantinha hidratado da rica fonte para enfrentar os desafios com convicção.

• Jesus relacionava-se “continuamente” com os conceitos apresentados pela Bíblia. A ponto de se reconhecer como Messias.

SEGUNDA-FEIRA: AUTORIDADE DAS ESCRITURAS

Qual a visão que Jesus tinha sobre as Escrituras?

• Jesus construiu sua mentalidade sobre a o alicerce das Escrituras. Não permitindo o relativismo, mas seguindo as instruções da Bíblia.

• Jesus compreendia que as escrituras eram verdadeiras e não fábulas engenhosas.

• Jesus cria que se as escrituras são verdadeiras, isto implica na necessidade de viver em acordo com elas honrando as suas instruções.

TERÇA-FEIRA: PROCLAMAÇÃO PÚBLICA

O que fazia Jesus em seus sermões?

• Conhecia seu público e sabia que possuía uma compreensão legalista da Bíblia (Legalista-Meritória).

• Pregava de modo a criar uma necessidade de transformação de dentro para fora construída na aceitação da graça de Deus.

• Embora fosse contrário os seus ensinos, usava de métodos envolventes que causa interesse e entrega nos seus ouvintes.

QUARTA-FEIRA: MINISTÉRIO PESSOAL

De onde vem a autoridade de Jesus em seu Ministério Pessoal?

• Jesus em suas argumentações tinha como referencia a Bíblia. Como exemplo citamos o dialogo com os discípulos na estrada de Emaús.

• Criava nos seus interessados o desejo de conhecer sobre o que as Escrituras testemunhavam sobre Ele.

• Levava-os a entender a importância do Antigo Testamento como testemunha de sua missão.

QUINTA-FEIRA: A PRÓXIMA GERAÇÃO

Qual a atitude dos cristãos que viveram uma geração logo após a geração de Jesus?

• Continuaram a firmar a verdade que o cristianismo tinha como base as Escrituras, que era somente o Antigo testamento na época.

• Entenderam que os sinais feitos por Cristo não podiam substituir a revelação de Deus através de sua palavra, ou seja, a Bíblia.

• Os lideres se orientavam pela autoridade dos Escritos Bíblicos em todas as suas decisões, fossem elas pessoais ou coletivas.

CONCLUSÃO

1. Relacione-se intima e profundamente com as Escrituras.

2. Entenda a Bíblia como regra de fé e pratica e compreenda.

3. Use as Escrituras como uma régua para medir suas intenções e atos.

4. não se permita relativizar os princípios de vida que as Escrituras nos trazem.

Rafael Ribeiro
Distrito de Sarandi Missão Ocidental Sul Riograndense

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

COMPARTILHE

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More