domingo, 5 de janeiro de 2014

Resumo da lição número 2 da Escola Sabatina


http://www.usb.org.br/admin/files/arquivos/769df5848755ecb4ef29e01b4d835275.zip
 
CLIQUE NA IMAGEM ACIMA PARA BAIXAR O POWER POINT E O RESUMO EM WORD

TÍTULO: “Discipulado por meio de metáforas”

TEXTO-CHAVE

“Todas estas coisas disse Jesus às multidões por parábolas e sem parábolas nada lhes dizia; para que se cumprisse o que foi dito por intermédio do profeta: Abrirei em parábolas a Minha boca, publicarei coisas ocultas desde a criação do mundo”. Mt 13: 34,35

OBJETIVOS

1. Compreender que as historias e ilustrações servem ara comunicar a verdade.

2. Saber que Jesus era popular entre seus ouvintes porque sabia contar uma boa historia.

3. Encontrar metáforas modernas que comunicam os valores reais do evangelho.

VERDADE CENTRAL

Conceitos, verdades e princípios, que muitas vezes são difíceis de se compreender na linguagem comum, são facilmente compreendidos por meio de parábolas, historias e ilustrações.

DOMINGO: Exemplos do Antigo Testamento

Que verdades as parábolas e alegorias do textos abaixo tem a nos ensinar?

1º 2 Samuel 12: 1-7- O homem rico da parábola que foi condenado por Davi, era ele mesmo que fizera coisa muito pior.

2º Isaias 28: 24-28 – A misericórdia de Deus é ilimitada nos tempos de punição e a punição serve mais para correção do que para vingança

3º Jeremias 13: 12-14: Apresenta uma ideia de julgamento, pois sempre que os seres humanos frustram os planos de Deus, Ele os entrega às consequências de suas escolhas.

SEGUNDA-FEIRA: Sabedoria arquitetônica

Porque Jesus usou a parábola da casa construída na areia e outra na rocha para ensinar uma verdade tão importante?

Porque a maioria das pessoas era analfabeta e Jesus usavas figuras conhecidas do cotidiano para que eles entendesse as suas verdades. 2. Antes da invenção da imprensa por Gutenberg, os escritos eram feitos à mão e poucos tinham acesso a esses escritos, por isso a comunicação oral por meio de historia e lendas era muito usado, 3. Cristo apreciava passar sua ideia através de métodos onde todas as pessoas tivessem acesso e se identificavam

TERÇA-FEIRA: Analogia agrícolas.

Qual os três níveis que a parábola do semeador apresentou e que lições foram ensinadas aos ouvintes da época e a nós hoje? ( Mt 13:1-30)

1º Nível: O Lavrador – Todos conheciam um lavrador na época, pois a economia era baseada na agricultura que eles bem sabiam que o agricultor coloca a semente na terra e espera pelo melhor resultado mesmo que muita coisa fuja ao seu controle: clima, insetos, pragas etc..

2º Nível: A Semente – Ela não tem controle sobre o lugar onde cairá. Seu sucesso está inteiramente à mercê do semeador e da terra onde se encontra

3º Nível: O solo – Ha solos ruins, pedregosos, pisado pelas pessoas e ha solos férteis e bons

Discuta: você se identifica mais com o lavrador, com o solo ou com a semente?

QUARTA-FEIRA: A guerra do Revolucionário

Que verdades revolucionarias para a época podem ser vistas nas parábolas dos dois filhos, da grande ceia e dos lavradores maus?

Dois Filhos: é muito mais fácil um pecador declarado se arrepender, do que pessoas que são hipócritas e se acham boas demais. 2. Grande Ceia: O dinheiro, beleza, e o poder impedem muitos de aceitar o convite de Jesus, enquanto que as pessoas comuns e pobres aceitam mais facilmente 3. Lavradores maus: Pessoas indecisas devem ser arrastadas para não perder a oportunidade. Os lavradores maus representam os lideres judeus que rejeitaram os profetas de Jesus.

QUINTA-FEIRA: A herança criativa de Cristo

Em que dois personagens do Antigo Testamento podemos ver a herança criativa de Cristo? 1. Paulo (Atos 10: 9-16): a parábola do lençol cheio de carnes imundas que Pedro deveria comer – representando os gentios que Pedro deveria converter.

Tiago 3: 3-13: O freio que controla o cavalo, o leme conduz o navio e a centelha incendeia a floresta- simbolizando o poder da língua que pode destruir e matar.

CONCLUSÃO

Historias, tanto no AT quanto no NT influenciam as pessoas e comunicadas oralmente tem grande poder de decisão. 2. Jesus foi Mestre na arte doe contar historias e parábolas para alcançar as pessoas onde elas estavam e traze-las do conhecido para o desconhecido, 3. As historias e ilustrações, são, principalmente, ara ensinar verdades poderosas e eternas.

Fabio Roberto Correa
Departamental Mipes e ASA Associação Catarinense

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

COMPARTILHE

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More