segunda-feira, 31 de março de 2014

Resumo da lição número 01 da Escola Sabatina

http://www.usb.org.br/admin/files/arquivos/28377f01d66096c5775a73b23cf720a1.zip
CLIQUE NA IMAGEM ACIMA PARA BAIXAR O POWER POINT E O RESUMO EM WORD

TÍTULO “Leis no tempo de Cristo”
 
TEXTO-CHAVE “A ninguém fiqueis devendo coisa alguma, exceto o amor com que vos ameis uns aos outros; pois quem ama o próximo tem cumprido a lei.” Rm 13:8
 
OBJETIVOS
1. Saber: Os diferentes tipos de leis mencionadas nas Escrituras.

2. Sentir: A necessidade de valorizar a lei de Deus como expressão do Seu eterno amor e do Seu caráter.

3. Fazer: Guardar a lei de Deus como resposta ao Seu imenso amor por nós.

VERDADE CENTRAL

No tempo de Jesus existiam diversas leis para governar a sociedade, entende-las dentro do seu contexto cultural e histórico trás uma melhor compreensão da Lei Moral de Deus, “Os Dez Mandamentos”.

DOMINGO: Lei Romana

Para obedecerem à lei romana que exigia o recenseamento, José e Maria realizaram uma difícil viagem, mesmo ela estando em um estágio avançado de gravidez. Por que eles simplesmente não ficaram em casa ignorando a lei?

 Na maioria das vezes Roma permitia que os reinos conquistados mantivessem os seus próprios costumes, mas todos os súditos deviam obedecer às leis do Império Romano. E com certeza, isso era válido também para José e Maria.

 Os romanos desde o tempo da república reconheciam a importância das leis escritas para o governo da sociedade. A lei romana enfatizava a ordem na sociedade. Ela abordava tanto questões de governo, com também estabelecia regras para o comportamento no âmbito doméstico.

 Quem deseja entender o Novo Testamento deve considerar o fato de que. O Império Romano formava o cenário político para o mundo em que viveram José, Maria, Jesus e a igreja primitiva.

SEGUNDA: Lei Civil do Antigo Testamento

O governo Romano permitia que os judeus na época de Jesus usassem a Lei Mosaica para resolver questões relacionadas aos seus costumes. De onde foram extraídas essas leis, quem as regia e como Jesus se relacionava com esse sistema? (cf. Mt 17:24-27).

 A base para a lei civil dos judeus eram os cinco livros escritos por Moisés, por esse motivo essas leis são mencionadas como “a Lei de Moisés.

 Deus foi quem deu originalmente essas leis a Moises, pois havia planejado um estado em que Ele mesmo seria o governante e o povo cumpriria os Seus mandamentos.

 O Sinédrio formado por 71 homens (escolhidos entre os sacerdotes, anciãos e rabinos) era o órgão legislativo responsável pela administração da lei judaica. Ele lidava com os costumes, tradições e leis dos judeus.

TERÇA: Lei Cerimonial do Antigo Testamento

Por quem e por que foi criada a Lei Cerimonial? A Lei Cerimonial enquanto atuou, exigia o sacrifício de animais, ritos e festas. Por que essa lei não está ativa nos dias atuais?

 Foi Cristo quem deu a Lei Cerimonial, mas foi concebida por Ele para funcionar apenas como um símbolo (tipo) de uma realidade futura: a Sua primeira vinda, Sua morte e Seu ministério sacerdotal.

 A Lei Cerimonial estava centralizada no santuário e em seus rituais. Ela foi projetada para anunciar a vinda de Cristo (Messias) e ensinar o povo de Israel de forma simples e prática o plano da salvação.

 Ao Jesus completar a Sua obra na terra, a Lei Cerimonial (com seus sacrifícios, rituais e festas) já não seria mais necessária (cf. Hb 9:9-12).

QUARTA: Lei Rabínica

Jesus muitas vezes foi perseguido acusado de não respeitar algumas Leis Rabínicas, mas Ele seguia e interpretava as leis dando um significado espiritual a elas. Como devemos responder às leis civis de nosso país?

 Os rabinos eram os responsáveis por manter a Lei Mosaica relevante para o povo. Eles contaram 613 leis nos livros de Moisés (39 relacionadas ao sábado).

 As Leis Rabínicas eram usadas com base para a legislação judaica. Essas leis eram escritas, mas eram acrescidas de uma lei oral (halakha), que nada mais era do que um conjunto de interpretações feitas pelos principais rabinos, que foram organizadas em forma de livro.

 Muitas das Leis Rabínicas foram utilizadas contra Jesus, mas muitas vezes as falhas estavam na atitude dos líderes, não nas leis. Embora fossem cumpridas de forma legalista, muitas dessas leis foram feitas para serem espirituais.

QUINTA: A Lei Moral

Cristo interagiu com outros sistemas de leis do Seu tempo, mas a Sua ênfase principal foi com os Dez Mandamentos (conhecidos também como Lei Moral). Qual deve ser a principal motivação para guardar os Dez Mandamentos? E por que é tão importante obedecê-los?

 Por mais que os judeus do primeiro século que viviam em Israel fossem impactados pelas leis: Romana, Mosaica e Rabínica, muitos seguidores da religião de Israel viviam fora da Palestina ou além das fronteiras do Império. Assim muitas dessas leis não tinham um papel importante em suas vidas.

 Todo seguidor do Deus de Israel teria sido fiel aos Dez Mandamentos, pois eles eram a base moral que sustentava Israel. Os Dez Mandamentos superavam todos os demais sistemas de leis.

 A obediência do povo de Israel a Lei dos Dez Mandamentos tem mais a ver com a resposta ao amor de Deus do que a submissão a vontade Divina.

CONCLUSÃO

1. No tempo de Cristo existiam diversas leis que governavam a sociedade, devemos compreendê-las dentro do seu contexto histórico cultural, para melhor entender as ações de Jesus em face delas.

2. Jesus se relacionou com diversas leis de sua época, mas a lei destacada por Ele foi a Lei dos Dez Mandamentos. Essa é a lei utilizada por Ele como a base estrutural da vida do cristão.

3. Primeiro Deus nos amou, e é o Seu por nós que deve ser a nossa motivação para obedecer a Sua vontade expressa na Lei Moral. Jamais devemos obedecê-lo por qualquer outra motivação.

Ademilson Alves da Silva
Distrital de Camaquã - ASR

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

COMPARTILHE

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More